Putin registra candidatura para concorrer à reeleição na Rússia em 2018

MOSCOU (Reuters) - O presidente da Rússia, Vladimir Putin, registrou formalmente sua candidatura para concorrer à reeleição no dia 18 de março de 2018 nesta quarta-feira, apresentando os documentos necessários para a comissão eleitoral central em pessoa.Pesquisas mostram que Putin, que domina o cenário político russo há 17 anos como presidente ou primeiro-ministro, está a caminho de conquistar mais um mandato de seis anos. Isso o habilitará a governar até 2024, quando completará 72 anos.O ex-agente da KGB está concorrendo como independente, uma medida vista como uma forma de fortalecer sua imagem de "pai da nação", ao invés de um representante da política partidária.O partido governista, Rússia Unida, e o Simplesmente Rússia declararam que o apoiarão.Aliados louvam Putin por restaurar o orgulho nacional e ampliar a influência global de Moscou com intervenções na Síria e na Ucrânia.Mas o líder opositor Alexei Navalny, que foi proibido de concorrer à eleição devido a uma pena de prisão suspensa que afirma ser fabricada, diz que Putin está no poder há tempo demais e que seu apoio é mantido artificialmente por uma mídia estatal tendenciosa e um sistema injusto que exclui oponentes legítimos.Navalny pediu um boicote à eleição, o que cria a perspectiva de protestos e confrontos de larga escala com a polícia.(Por Katya Golubkova e Polina Nikolskaya)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos