Tempestade deixa 3 mortos na Holanda e força cancelamento de voos

AMSTERDÃ (Reuters) - Três pessoas morreram na Holanda nesta quinta-feira conforme poderosos ventos derrubaram árvores, jogaram caminhões para fora das pistas e forçaram o cancelamento de centenas de voos.

O aeroporto Schiphol, em Amsterdã, suspendeu brevemente todo o tráfego aéreo nesta quinta-feira, com ventos de 140 quilômetros por hora sendo registrados ao longo da costa.

Ao menos 260 voos foram cancelados e desabamentos de telhados levaram ao fechamento de terminais do aeroporto. Serviços de trens por todo o país e muitos serviços de bondes e ônibus foram paralisados após o alerta meteorológico mais alto ser emitido.

A polícia informou que três pessoas morreram por conta de árvores caídas ou escombros em incidentes separados.

Em Roterdã, contêineres foram derrubados e telhados inteiros foram arrancados de casas, segundo imagens da TV local.

O aeroporto Schiphol informou posteriormente que alguns voos seriam retomados assim que a tempestade se movesse em direção ao interior do país, mas que haveria diversos atrasos.

(Reportagem de Anthony Deutsch e Michael Nienaber)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos