PUBLICIDADE
Topo

Desembargador aceita pedido liminar e concede liberdade a Lula

08/07/2018 12h47

(Reuters) - O desembargador Rogerio Favreto, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, aceitou pedido de liminar e determinou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seja solto imediatamente, de acordo com decisão divulgada pela corte sediada em Porto Alegre.

Lula, que lidera as pesquisas de intenção de voto para a Presidência da República na eleição de outubro, está preso desde abril na sede da Polícia Federal em Curitiba cumprindo pena de 12 anos e 1 mês de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso sobre o tríplex no Guarujá.

(Reportagem de Eduardo Simões em São Paulo e Lisandra Paraguassu em Brasília)