PUBLICIDADE
Topo

Nove trabalhadores morrem após incêndio em mina da Uralkali na Rússia

23/12/2018 11h25

MOSCOU (Reuters) - Equipes de resgate encontraram nove trabalhadores do setor de construção civil mortos após um incêndio em uma mina na Rússia operada pela fabricante de potássio Uralkali, disseram agências de notícias russas neste domingo.

Os trabalhadores foram presos no subsolo pela fumaça depois que um incêndio ocorreu na manhã de sábado na mina de Solikamsk, cerca de 1.500 quilômetros a nordeste de Moscou.

O incêndio, que eclodiu em uma parte da mina que estava em construção, ainda não foi totalmente extinto, informou a Interfax.

Equipes de resgate estavam trabalhando para recuperar os corpos de uma profundidade de mais de 360 metros, segundo a agência.

O Comitê de Investigação da Rússia, órgão estatal que investiga grandes crimes, abriu um processo criminal sobre a possível violação de regras de segurança, segundo informações em seu site.

A indústria de mineração da Rússia tem sido atormentada por acidentes há anos. Em fevereiro de 2016, 36 mineiros e equipes de resgate morreram em uma mina de carvão acima do Círculo Polar Ártico.

(Por Maria Kiselyova)