PUBLICIDADE
Topo

Militar israelense próximo a Netanyahu nas pesquisas entra na corrida eleitoral

27/12/2018 14h05

JERUSALÉM (Reuters) - Um ex-chefe das Forças Armadas de Israel que, segundo pesquisas de intenção de voto, representa a maior ameaça à reeleição do primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, em eleição do próximo ano, formalizou um novo partido político nesta quinta-feira.

Detalhes vazados na mídia local sobre o novo partido de Benny Gantz forneceram poucas indicações sobre a tendência ideológica da legenda.

Além de preservar Israel como "um país judeu e democrático", o partido se compromete com mudanças não especificadas nas prioridades da economia e segurança nacional.

Pesquisas têm previsto uma vitória fácil para Netanyahu na eleição do dia 9 de abril, com seu partido de direita Likud conquistando cerca de 30 dos 120 assentos do Parlamento e a caminho de formar um governo de coalizão de direita semelhante ao gabinete atual.

As sondagens, publicadas depois que Netanyahu anunciou na segunda-feira a realização da eleição cerca de sete meses antes da época prevista por lei, mostravam o então hipotético partido de Gantz em segundo lugar.

As pesquisas projetavam que a legenda conquistaria cerca de 15 assentos no Parlamento.