PUBLICIDADE
Topo

EUA e Coreia do Norte buscarão consenso sobre desnuclearização em cúpula

Kim Jong-un e Donald Trump durante encontro em Singapura, em 2018 - Susan Walsh/AP
Kim Jong-un e Donald Trump durante encontro em Singapura, em 2018 Imagem: Susan Walsh/AP

Jeff Mason e Steve Holland*

21/02/2019 15h58

Os Estados Unidos e a Coreia do Norte buscarão um consenso sobre o que significa a desnuclearização quando o presidente norte-americano, Donald Trump, pressionar o líder norte-coreano, Kim Jong Un, na semana que vem a abdicar de todas as armas nucleares norte-coreanas, disseram autoridades dos EUA nesta quinta-feira.

Trump e Kim devem se reunir no Vietnã para sua segunda cúpula na tentativa de melhorar as relações entre antigos inimigos e reduzir uma das maiores ameaças nucleares do mundo.

As autoridades dos EUA minimizaram as expectativas em relação ao encontro, e Trump deixou claro que não espera que este seja seu último com Kim, ditador de quem certa vez zombou classificando como "homenzinho do foguete", mas hoje considera um parceiro com o qual trabalha bem.

Críticos disseram que Trump cedeu demais a Kim simplesmente ao se encontrar com ele em Cingapura no ano passado, ataques que podem se repetir na cúpula no Vietnã.

Mas as autoridades norte-americanas disseram que os EUA continuam empenhados em conseguir que o líder norte-coreano aceite a desnuclearização, apesar de ele ainda não ter tomado a decisão por si mesmo.

"Não sei se a Coreia do Norte já fez a escolha de se desnuclearizar, mas a razão de estarmos engajados nisto é que acreditamos haver uma possibilidade", disse um funcionário.

Os dois lados não combinaram previamente o que significa uma desnuclearização.

*Colaboraram David Brunnstrom e Susan Heavey