PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Ataque com carro-bomba na Somália mata ao menos 11 pessoas

28.mar.2019 - Carro=bomba explodiu perto a um hotel e um restaurante em Mogadíscio, na Somália - Mohamed Abdiwahab/AFP
28.mar.2019 - Carro=bomba explodiu perto a um hotel e um restaurante em Mogadíscio, na Somália Imagem: Mohamed Abdiwahab/AFP

28/03/2019 10h47

Um carro-bomba explodiu perto de um hotel e de restaurantes de Mogadíscio hoje matando ao menos 11 pessoas em uma área movimentada já atacada por militantes islâmicos no passado, disseram serviços de resgate da Somália.

A explosão vespertina provocou colunas de fumaça e destruiu dois restaurantes e alguns carros estacionados na área.

Uma testemunha da Reuters contou seis corpos no local.

"Até agora, levamos 11 pessoas mortas e 16 outras feridas. O saldo de mortes pode aumentar", disse Abdikadir Abdirahman, diretor do Serviço de Ambulâncias Amin, à Reuters.

"A detonação destruiu um restaurante e matou muitos que estavam dentro e fora do restaurante. O saldo de mortes pode aumentar", disse o major de polícia Mohamed Hussein à Reuters.

Ninguém assumiu a autoria de imediato.

Militantes do Al Shabaab, ligados à Al Qaeda, já visaram antes o mesmo local, o Hotel Wehliye, que está junto à movimentada rua Maka al Mukaram.

No sábado, 15 pessoas morreram em duas explosões e uma troca de tiros entre militantes do Al Shabaab e agentes de segurança em Mogadício.

O Al Shabaab, que está tentando depor o governo central somali apoiado pelo Ocidente, foi expulso de Mogadício em 2011, e desde então da maioria de seus outros redutos.

Mas ele continua sendo uma ameaça, já que seus combatentes realizam ataques com bomba frequentemente na Somália e no vizinho Quênia, cujas tropas formam parte da força pacificadora criada pela União Africana que ajuda a defender o governo central.

Internacional