PUBLICIDADE
Topo

Venezuela pede formalmente ao Brasil extradição de soldados suspeitos de ataque a posto militar

03/01/2020 13h34

A Venezuela solicitou ao Brasil a extradição de cinco ex-membros das Forças Armadas venezuelanas suspeitos de participação em um ataque a um posto militar no sul da Venezuela no final de dezembro, informou o procurador-geral venezuelano, Tarek Saab.

O governo brasileiro disse no mês passado que estava processando pedidos de asilo de cinco soldados venezuelanos desertores que foram localizados perto da fronteira. O governo não mencionou o ataque, mas uma fonte militar brasileira disse que os soldados eram suspeitos de envolvimento na ação.

Em um tuíte, Saab postou uma carta datada de 2 de janeiro enviada ao procurador-geral da República, Augusto Aras, solicitando formalmente a extradição dos soldados.

O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, e o Ministério das Relações Exteriores do país já tinham solicitado anteriormente que o Brasil entregasse os soldados.

O Ministério das Relações Exteriores do Brasil não respondeu de imediato a um pedido de comentário.

As relações entre Brasil e Venezuela se deterioraram no ano passado depois que o presidente Jair Bolsonaro, juntamente com dezenas de outros países, reconheceu o líder da oposição venezuelana, Juan Guaidó, como presidente legítimo do país, argumentando que Maduro deveria renunciar.

Notícias