PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Pence afirma que acordo para financiar governo após final do mês foi alcançado

11.mar.2020 - O vice-presidente dos EUA, Mike Pence, durante coletiva de imprensa sobre o coronavírus na Casa Branca, em Washington D.C. - Xinhua/Liu Jie
11.mar.2020 - O vice-presidente dos EUA, Mike Pence, durante coletiva de imprensa sobre o coronavírus na Casa Branca, em Washington D.C. Imagem: Xinhua/Liu Jie

04/09/2020 11h54

WASHINGTON (Reuters) - O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, disse hoje que o governo Trump chegou a um acordo com parlamentares no Capitólio para garantir financiamento ao governo após o final do mês, tirando a ameaça de paralisação da mesa.

"O acordo alcançado nesta semana pelo secretário do Tesouro e nossa equipe de negociação para ter uma resolução contínua para financiamento do governo quando o ano fiscal terminar ao final deste mês significa que agora podemos nos concentrar apenas em outro pacote de alívio (do coronavírus)", disse Pence à CNBC.

O Congresso tem o prazo de 30 de setembro para aprovar o financiamento ao governo, sob risco de paralisação de muitas operações.

Há rumores sobre aglutinar um projeto de lei de financiamento com nova rodada de alívio econômico relacionado à pandemia, mas as declarações de Pence sugerem que as duas questões serão tratadas separadamente.

A Associated Press, citando assessores republicanos e democratas, informou ontem que há um acordo informal entre a presidente da Câmara, Nancy Pelosi, e o secretário do Tesouro, Steve Mnuchin, que livraria qualquer projeto de lei de itens controversos.

"Os democratas da Câmara defendem uma resolução contínua e limpa", disse o porta-voz de Pelosi, Drew Hammill, na quinta-feira, referindo-se à legislação que manteria o financiamento nos níveis atuais.

(Reportagem de Lisa Lambert e Daphne Psaledakis; reportagem adicional de Susan Cornwell)

Internacional