PUBLICIDADE
Topo

Saúde

Conteúdo publicado há
1 mês

Produção de vacina pela China pode cobrir 40% da população até meados de 2021

Vacina - Natali_Mis/iStock
Vacina Imagem: Natali_Mis/iStock

Roxanne Liu e Ryan Woo

05/03/2021 13h34Atualizada em 05/03/2021 13h57

PEQUIM (Reuters) - A capacidade de produção de vacinas contra covid-19 da China pode suprimir doses suficientes para 40% da população até meados de 2021, disse o chefe das autoridades de controle de doenças do país nesta sexta-feira.

A capacidade de produção chinesa também pode ser grande o suficiente para permitir que entre 70% e 80% de sua população de 1,4 bilhão de habitantes sejam vacinados até o início de 2022, disse Gao Fu, diretor do Centro de Controle e Prevenção de Doenças da China, nos bastidores da reunião anual do principal organismo de aconselhamento do governo.

"A possibilidade existe", disse Gao, mas alertando que traduzir capacidade produtiva em produtos que atendam o padrão necessário é "um processo complicado".

Ele acrescentou que a estimativa é sua visão pessoal de cientista, não uma previsão oficial.

Mais de 52 milhões de doses foram administradas na China até o final de fevereiro, o que equivale a menos de 4 doses para cada 100 pessoas —uma proporção muito inferior ao nível visto em países como Israel e Estados Unidos.

A China, que já aprovou quatro vacinas desenvolvidas localmente para o público em geral, não revelou quantas doses está fabricando de fato.

No início desta semana, a Sinovac Biotech disse que sua capacidade produtiva da vacina CoronaVac de duas doses pode chegar a 2 bilhões de doses até junho.

Saúde