PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
2 meses

Número crescente de pessoas que não comparecem para vacinação preocupa Alemanha

Número crescente de pessoas que não comparecem para vacinação preocupa Alemanha - Fabrício Costa/Estadão Conteúdo
Número crescente de pessoas que não comparecem para vacinação preocupa Alemanha Imagem: Fabrício Costa/Estadão Conteúdo

Caroline Copley

05/07/2021 11h35Atualizada em 05/07/2021 12h31

Um número crescente de alemães não está comparecendo para seus agendamentos de vacinação contra Covid-19, provocando clamores pela imposição de multas no momento em que a Alemanha corre com as inoculações para se contrapor à disseminação rápida da variante Delta mais infecciosa.

Mario Czaja, chefe da Cruz Vermelha de Berlim, disse que de 5% a 10% das pessoas estão faltando a agendamentos nos centros de vacinação da cidade, o que afeta particularmente as segundas doses -bem mais do que a taxa de não comparecimento de menos de 0,5% vista no início do ano.

Como há cerca de 15 mil vacinações planejadas por dia nos centros, a quantidade de agendamentos perdidos está tendo um "efeito maciço na cobertura de vacinação de Berlim", disse Czaja à rádio Deutschlandfunk nesta segunda-feira.

"Ainda não estamos fora de perigo, e não podemos nos dar o luxo de ser negligentes", disse ele, pedindo às pessoas que cancelem os agendamentos se conseguirem uma segunda dose mais cedo em outros locais.

Apesar dos agendamentos perdidos, Czaja disse que os centros não tiveram que descartar vacinas porque, depois de descongeladas, elas podem ser armazenadas durante três ou quatro dias em geladeiras.

As pessoas podem estar deixando de tomar as segundas doses por terem sido vacinadas pelo médico da família ou da empresa, ou por estarem de férias, disse Christian Fuellers, diretor médico de um centro de vacinação da Renânia do Norte-Vestfália, à televisão ARD.

Coronavírus