Exército libanês diz que soldado foi morto em bombardeio israelense no sul do Líbano

BEIRUTE (Reuters) - O Exército libanês informou que um de seus soldados foi morto e três ficaram feridos quando um bombardeio israelense atingiu um vilarejo no sul do Líbano, próximo à fronteira com Israel, no primeiro incidente mortal para o Exército libanês desde o início da guerra de Gaza, em 7 de outubro.

O Exército israelense não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

As forças israelenses e os militantes do Hezbollah, grupo fortemente armado no Líbano, têm trocado disparos diariamente na fronteira entre Israel e Líbano desde sexta-feira, quando uma trégua foi rompida entre o grupo palestino Hamas e Israel.

Pouco mais de 100 pessoas no sul do Líbano - a cerca de 200 km da Faixa de Gaza - foram mortas durante as hostilidades, das quais pouco mais de 80 eram combatentes do Hezbollah. Dezenas de milhares de pessoas fugiram de ambos os lados da fronteira.

(Reportagem de Nayera Abdallah)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes