Após panes, linha 9 da CPTM vai fechar a partir de amanhã para obras aos domingos

Do UOL, em São Paulo

A linha 9-esmeralda (Osasco-Grajaú) da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) vai fechar a partir deste domingo (25) para obras. A ação vai se repetir ao longo de nove domingos.

Pane no dia 14 de março gerou superlotação
Veja Álbum de fotos

A medida foi determinada no dia 15 de março pelo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), depois de uma pane que, na manhã do dia 14, afetou cerca de 30 mil passageiros que usam a linha. No mesmo dia, duas panes também no sistema de trens do Metrô, nas linhas 1-azul e 3-vermelha, afetaram outros 165 mil usuários.


Em nota, a CPTM informou que o fechamento tem por objetivo "agilizar a execução do plano de investimento das obras de modernização em curso", uma vez que, até então, elas estavam sendo realizadas apenas durante a noite, no período entre 00h30 e 3h30, e em fins de semana.

"A necessidade de interromper, temporariamente, a prestação de serviço nessa linha aos domingos não se refere aos trabalhos de manutenção corretiva e preventiva, os quais são realizados diariamente, durante a madrugada e, quando necessário, em qualquer hora do dia ou da noite", diz o comunicado.

Reportagem publicada pela "Folha de S.Paulo" no dia 15 apontou que a linha 9 está sobrecarregada graças a um incremento de 49% no volume de usuários, nos últimos 12 meses, sobretudo por conta da integração com a linha 4-amarela do metrô. A conexão entre os dois sistemas é feita na estação Pinheiros, que foi inaugurada ano passado.

Diariamente, a linha 9-esmeralda recebe em média 500 mil usuários --um sexto dos cerca de 3 milhões transportados todos os dias pela CPTM. Pelo metrô, são aproximadamente 4 milhões/dia.

Interdição na ciclofaixa

Além da linha 9, a ciclofaixa que passa pela marginal Pinheiros também terá de ser suspensa no mínimo nos quatro primeiros domingos, integralmente, e parcialmente nos demais. Passam por ela nos fins de semana cerca de 6.000 ciclistas/dia. "Sabemos que os cicloativistas ficarão chateados, mas isso é necessário", disse na última quinta (22) o presidente da CPTM, referindo-se à via como apoio à logística das obras de modernização.

Usuários da linha aos domingos terão implementado pela SPTrans o Paese (Plano de Atendimento entre Empresas em Situação de Emergência) de Grajaú a Osasco, com 15 ônibus biarticulados; de Santo Amaro à linha 4 do metrô, em Pinheiros (zona oeste), com 17 biarticulados; e da estação Pinheiros à estação Leopoldina da CPTM, com sete a oito ônibus.

UOL anda de trem em SP e vê frotas lentas, cheias e antigas

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos