Marcha Contra a Corrupção vai hoje às ruas de mais de 40 cidades pedir julgamento do mensalão

Andréia Martins
Do UOL, em São Paulo

  • Pedro Santana/AFP

    Manifestantes participam da Marcha Contra a Corrupção, em frente ao Congresso Nacional, em Brasília, em outubro de 2011

    Manifestantes participam da Marcha Contra a Corrupção, em frente ao Congresso Nacional, em Brasília, em outubro de 2011

No mesmo dia em que se comemora o Dia de Tiradentes, a Marcha Nacional Contra a Corrupção volta às ruas neste sábado (21) para mais um dia de protestos contra a corrupção em mais de 40 cidades brasileiras. A expectativa dos organizadores é reunir 900 mil pessoas.

Este ano a marcha, que se autodeclara apartidária, leva para rua reivindicações como o enquadramento da corrupção como crime hediondo, o fim do foro privilegiado, fim do voto secreto no Congresso e o julgamento imediato do Mensalão, suposto esquema de corrupção descoberto em 2005, no primeiro mandato do governo Lula.

Em São Paulo a marcha está marcada para começar as 16h, com concentração no Masp, na avenida Paulista, a partir das 14h. Quatro movimentos organizam a marcha na capital paulista: Dia do Basta, Nova Politica, Mudança Já e Quero o Fim da Corrupção. Além desses, outro grande aliado da marcha é a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), que participará do protesto em diversas cidades do país.

Confira alguns locais e horários da Marcha Contra a Corrupção

Cidade Endereço Horário
Belo Horizonte Praça da Liberdade 16h
Brasília Museu da República - Esplanada dos Ministérios 10h
Curitiba Boca Maldita - Centro 10h
Goiânia Assembleia Legislativa do Estado 10h
Porto Alegre Largo Glênio Peres - Mercado Público 16h
Recife Marco Zero 14h
Rio de Janeiro Copacabana - Posto 4 16h
Salvador Farol da Barra 16h
São Paulo Masp - avenida Paulista 16h

“Acreditamos na marcha porque só vai haver mudança se nós formos para a rua, se a gente pressionar. Do contrário, nada acontece, não vai haver mudança. E a gente tem um forte exemplo como as Diretas Já, o movimento Fora Collor, o que está acontecendo nos países árabes e também na Itália e Espanha, que conseguiram mudanças indo para a rua”, diz Renato Felisconi Jr., coordenador nacional do Mudança Já.

Ele diz que a expectativa é reunir 6 mil pessoas em São Paulo. Para o resto do ano, os movimentos estão avaliando intensificar as manifestações, especialmente por se tratar de um ano eleitoral.

Entre as cidades do interior do Estado que também serão palco da Marcha Contra a Corrupção estão Bebedouro, Campinas, Itu, Marília, Osasco, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, Sorocaba e Taubaté.

Outros Estados

Uma lista com 42 cidades onde a marcha irá acontecer foi publicada na página do movimento Dia do Basta no Facebook. No Rio de Janeiro, a marcha começará às 16 no Posto 4, em Copacabana. No Estado fluminense também haverá protesto em Volta Redonda.

Em Minas Gerais, o ato acontece em Belo Horizonte, Alfenas, Governador Valadares e Uberaba. Em Santa Catarina, as cidades mobilizadas são Araranguá, Blumenau, Brusque, Joinville e Florianópolis.

Pela lista, alguns Estados só realizarão a marcha nas capitais, como é o caso de Manaus, Salvador, Goiânia, São Luís, Campo Grande, Belém, Recife, Teresina, Natal, Brasília e Aracajú.

As demais cidades são Juazeiro do Norte (CE), Cachoeiro de Itapemirim (ES), Vitória (ES), Cáceres (MT), Curitiba (PR), Pato Branco (PR), Passo Fundo (RS), Porto Alegre (RS), Palmas (TO) e Cariri (TO).

 

Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos