PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Paulo Sampaio


Justiça determina que irmão de Rose Miriam deixe residência em Orlando

Reprodução/RecordTV - Gugu Liberato morreu aos 60 anos após acidente doméstico nos Estados Unidos
Reprodução/RecordTV Imagem: Gugu Liberato morreu aos 60 anos após acidente doméstico nos Estados Unidos
Paulo Sampaio

Nascido no Rio de Janeiro em 1963, Paulo Sampaio mudou-se para São Paulo aos 23 anos, trabalhou nos jornais Folha de S. Paulo e Estado de S. Paulo, nas revistas Elle, Veja, J.P e Poder. Durante os 15 anos em que trabalhou na Folha, tornou-se especialista em cobertura social, com a publicação de matérias de comportamento e entrevistas com artistas, políticos, celebridades, atletas e madames.

Colunista do UOL

06/02/2020 18h54

O Tribunal de Justiça de São Paulo expediu esta tarde um alvará autorizando o espólio de Gugu Liberato a tomar todas as ações necessárias para que Gianfrancesco Di Matteo, irmão da médica Rose Miriam Di Matteo — mãe dos filhos do apresentador —, desocupe a residência onde vivem os filhos de Gugu, em Orlando (EUA).

O espólio informou que vai efetuar as providências para cumprir imediatamente a ordem judicial de desocupação.

Logo depois da morte de Gugu, Gianfrancesco ocupou o quarto do apresentador na casa e, de acordo com a assessoria da família, os próprios sobrinhos pediram que o tio fosse afastado. O primogênito de Gugu, João Augusto, buscou a Justiça no Brasil e nos Estados Unidos para tratar da expulsão do irmão de sua mãe.

O advogado dos filhos de Gugu, Dilermando Cigagna, disse em entrevista ao programa Fantástico, da TV Globo, que a mudança de Gianfrancesco para a casa dos sobrinhos "gerou no João e nas meninas um incômodo muito grande, para não dizer uma revolta".

União estável?

Nelson Wilians, advogado de Rose Miriam, já havia orientado Gianfrancesco a deixar a casa espontaneamente, para evitar desavenças que tirassem o foco do que ele pleiteia, a busca do reconhecimento da união estável entre Rose e Gugu.

O desembargador Galdino Toledo Jr., que assinou ontem uma liminar que cassa o direito à pensão de Rose Miriam, verificou, pela análise dos documentos, que o que ficou estabelecido legalmente entre Gugu e Rose não foi uma união estável.

Ironia do destino

O advogado Wilians, ele mesmo, deve cerca de R$ 2 milhões em pensões alimentícias atrasadas. Ele foi casado durante 17 anos com a psicóloga Priscilla Belintani, 47 anos, com quem tem três filhos, de 21, 15 e 10 anos.

Ironicamente, Priscilla é representada há quatro anos na Justiça pelo advogado Dilermando Cigagna, o mesmo que agora defende os filhos de Gugu Liberato.

Paulo Sampaio