Receita e PF fazem operação para combater comércio ilegal de pneus

Daniel Lima
Da Agência Brasil
Em Brasília

A Operação Carcaça para combater a importação de pneus fabricados na China foi iniciada hoje (17) pela Receita Federal e Polícia Federal nos estados de Santa Catarina, Paraná e Rio de Janeiro, onde estão sendo cumpridos 18 mandados de busca e apreensão. Os pneus, de acordo com as investigações, entravam no Brasil pelo Paraguai por meio de empresas sediadas em Ciudad del Este.

A Receita informou ainda que as investigações identificaram a entrada ilegal no país de carcaças de pneus que acabam circulando em território brasileiro com notas fiscais falsas.

Algumas das empresas que recebiam a mercadoria são do setor de importação, reforma e revenda de pneus no mercado nacional e vinham se valendo de decisão judicial para importação de pneus usados até a proibição desse tipo de atividade pelo Supremo Tribunal Federal e junho de 2009.

Participam da operação 45 servidores da Receita e cerca de 100 agentes da Polícia Federal, em Foz do Iguaçu, Curitiba, Pinhais e Paranavaí no Paraná, Biguaçu e Florianópolis em Santa Catarina e em Nova Iguaçu no Rio de Janeiro.

A Receita informou também que os envolvidos responderão pelos crimes de contrabando, descaminho, sonegação fiscal, formação de quadrilha e crime ambiental.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos