Topo

"O brilho da noite é do Dr. Cembranelli", diz defesa do casal Nardoni em nota

Rosanne D'Agostino<br>Do UOL Notícias

Em São Paulo

2010-03-27T01:00:55

27/03/2010 01h00

“O brilho da noite é do Dr. Cembranelli, e a defesa já recorreu”. Com estas palavras, registradas em uma nota oficial, a defesa resumiu sua posição após a decisão do Tribunal do Júri, que condenou Alexandre Nardoni a 31 anos, 1 mês e dez dias de prisão e Anna Carolina Jatobá a 26 anos e oito meses pelo assassinato de Isabella Nardoni, morta aos 5 anos de idade, ao ser atirada pela janela do 6º andar do apartamento onde vivia o pai e a madrasta. Os jurados aceitaram a tese defendida pelo promotor do caso, Francisco Cembranelli.

O advogado de defesa, Roberto Podval, não concederá entrevista coletiva aos jornalistas, que se aglomeram na porta do Fórum de Santana, na zona norte de São Paulo. O promotor deve falar em breve.

A decisão foi tomada pelos jurados – quatro mulheres e três homens --, que entenderam que os réus cometeram homicídio triplamente qualificado, por usarem meio cruel (asfixia), dificultarem a defesa da vítima, que foi arremessada pela janela inconsciente, e alterarem o local do crime. O julgamento considerou agravante o fato de a menina ter menos de 14 anos de idade. Nardoni também foi condenado por cometer crime contra descendente. Os Nardoni vão cumprir a sentença em regime fechado.

O casal ficou algemado durante a leitura da sentença: Nardoni recebe a pena de forma impassível e Jatobá, chorou. Eles retornarão ao presídio de Tremembé, no interior paulista, onde já estavam havia quase dois anos. Esse período será abatido do tempo de condenação definido pelo juiz.

O veredicto foi comemorado com coro de pedidos por justiça pela multidão que acompanhou o resultado do julgamento do lado de fora do Fórum de Santana. Alguns manifestantes chegaram a soltar fogos de artifício.

O julgamento teve início nesta segunda-feira (22), quando o casal se encontrou pela primeira vez desde maio de 2008. Em seguida, foram tomados os depoimentos das testemunhas. Os réus foram os últimos a serem ouvidos. A última fase foi a dos debates, quando defesa e acusação apresentaram seus argumentos.

Mais Cotidiano

Do UOL Notícias","publicationDate":"20100327010055"},"click":{"mediaName":"Notícia","source":"https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2010/03/27/o-brilho-da-noite-e-do-dr-cembranelli-diz-defesa-do-casal-nardoni-em-nota.htm"}}}' cp-area='{"xs-sm":"230px","md-lg":"128px"}' config-name="noticias/noticias">