Rio Grande do Sul confirma dois casos de sarampo; Estado intensifica vacinação

Carolina Pimentel
Da Agência Brasil
Em Brasília

O Centro de Vigilância em Saúde do Rio Grande do Sul confirmou dois casos de sarampo na capital Porto Alegre. A doença foi confirmada por meio de exames do laboratório estadual.

Os casos foram registrados em duas garotas, da mesma família, de 11 e 12 anos. De acordo com o centro, elas não tinham se vacinado contra a doença. A família das meninas viajou para Buenos Aires, na Argentina, entre 22 e 28 de julho, mesmo período em que foram registrados casos da doença no país vizinho. Depois, o grupo visitou parentes na cidade de Rio Grande.

Uma das meninas foi internada e liberada. A outra continua hospitalizada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), sem uso de respirador e o quadro é de boa evolução, de acordo com informações da Vigilância em Saúde.

Com a identificação dos casos importados da doença, as autoridades estaduais de saúde vão intensificar a vacinação na faixa etária de 1 a 39 anos e estão em busca de outras suspeitas. O centro de vigilância alerta para que quem tiver viajado ao exterior ou ao Pará, onde também foram confirmados casos da doença, e apresente os sintomas da doença, procure imediatamente os serviços de saúde. Os sintomas são: febre alta, coriza, conjuntivite e fotofobia (intolerância à luz).

O sarampo é causado por um vírus que se propaga no ar. Desde 2000, o Brasil não registra a transmissão da doença. Até o momento, os casos registrados são provenientes de outros países.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos