Queimadas no Norte do país provocam "nuvem seca" no Sul

Especial para o UOL Notícias
Em Porto Alegre

O fim de semana foi de sol no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina, mas uma densa nuvem de poeira cobriu o céu dos dois Estados e se mantém nesta segunda-feira (23), com previsão de calor e tempo seco.

A nuvem seca é consequência das queimadas que atingem extensas áreas do Norte e Centro-Oeste do país, além da Bolívia, levada pelo vento norte que sopra desde a sexta-feira (20). Um bloqueio atmosférico impede que as massas de ar frio ingressem na região e dissipem a poeira.

A Fundação de Proteção Ambiental do Rio Grande do Sul (Fepam) registrou deterioração da qualidade do ar na estação de Canoas, na região metropolitana de Porto Alegre. Apesar da atividade urbana menor devido ao final de semana, a qualidade do ar era regular.

O fenômeno da nuvem seca foi registrado também no norte do Rio Grande do Sul, em Santa Catarina e em regiões da Argentina e do Uruguai. A previsão é de que a nuvem permaneça até a terça-feira (24) na região, quando o ingresso de uma frente fria deve levar chuva à região.

Dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) apontaram 9.700 focos de incêndio no Brasil entre os dias 20 e 21 de agosto. Na Bolívia, segundo o Inmet, os incêndios atingiram níveis críticos. Cerca de 6% do território do país estão em chamas.

No domingo, as temperaturas subiram acima da média no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina. Na cidade de Campo Bom, na região metropolitana de Porto Alegre, os termômetros marcaram 31ºC. 

A MetSul meteorologia alerta para a possibilidade de novos fenômenos de chuva ácida no Estado, fenômeno já registrado na semana passada em Porto Alegre e em Santa do Livramento, na fronteira oeste.

A previsão é de que o calor prossiga à tarde, com máximas que podem chegar a 33ºC no centro e no oeste do Estado. Em Porto Alegre, os termômetros devem registrar entre 15ºC e 31ºC. Em Santa Maria, a temperatura deve variar entre 15ºC e 32ºC.

Em Santa Catarina, a temperatura também deve ultrapassar os 30ºC nesta segunda-feira. A Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri), que monitora as condições climáticas no Estado, prevê chuva apenas para a quarta-feira (25) e alerta para o risco de queimadas. 

No final de semana, uma área de proteção ambiental de 10 mil metros quadrados na região de Florianópolis foi destruída pelo fogo. Os bombeiros, devido à ação do vento, conseguiram debelar as chamas somente após três horas de ação.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos