Embarcação com 18 pessoas naufraga na BA; quatro crianças continuam desaparecidas

Especial para o UOL Notícias
Em Salvador

Policiais militares e voluntários de Pilão Arcado (BA) intensificaram durante a madrugada e a manhã desta segunda-feira (13) as buscas para localizar crianças que continuavam desaparecidas até as 14h depois do naufrágio de uma embarcação no final da tarde deste domingo (12), nas imediações do povoado de Alto Galvão, a cerca de 12 quilômetros do centro de Pilão Arcado. Já foram resgatados os corpos de seis crianças e um adolescente --outras quatro crianças com idade entre 2 e 11 anos estão desaparecidas.

No final desta manhã, uma equipe do Corpo de Bombeiros de Juazeiro e um grupo da Marinha chegaram ao local para reforçar as equipes de busca aos desaparecidos.

Pescadores que conhecem bem a região do naufrágio também estão utilizando barcos e lanchas nas buscas. Segundo a Agência Fluvial de Juazeiro, ligada à Capitania dos Portos do São Francisco, um inquérito deverá ser instaurado para apurar as causas do acidente.

Nesta manhã, a polícia da cidade, localizada a 780 km ao norte de Salvador, confirmou que quatro corpos foram encontrados: Pablo Ferreira Lacerda, 8, Ézio Carlos Teixeira Lacerda, 2, Isis Vitória Teixeira Lacerda, de um ano e oito meses, e Lindines Ferreira Lacerda, 16. Os corpos das vítimas estão sendo velados na Câmara Municipal de Pilão Arcado. No início da tarde, foi resgatado também o corpo de Cauã Ferreira Lacerda, 5.

Investigação
De acordo com policiais e testemunhas, uma canoa transportava 18 pessoas de uma mesma família no rio São Francisco  --todos os passageiros iriam utilizar um veículo que faz a linha regular para o município. Eles voltavam de um passeio em um sítio de parentes. O barco tinha capacidade para transportar apenas três pessoas, segundo a polícia.

De acordo com a polícia, a embarcação que naufragou é uma "rabeta", utilizada com frequência em pescarias, mas comumente usada para transportar pessoas no norte da Bahia de forma irregular. A polícia informou, também, que cerca de 40 pessoas utilizavam a embarcação que virou no Lago de Sobradinho diariamente.

A polícia de Pilão Arcado informou, ainda, que está investigando as causas do acidente, mas acrescentou que os ventos fortes e o excesso de passageiros podem ter contribuído para o naufrágio --no momento que a canoa virou, as condições de navegabilidade do rio eram boas.

Todos os adultos que estavam na embarcação sobreviveram ao naufrágio -- dois estão internados no hospital do município, mas não correm risco de morte.

A embarcação virou no Lago de Sobradinho, no rio São Francisco. O lago possui uma extensão de 400 km e quase 4,25 mil km² de área. Em alguns trechos, sua largura atinge 25 km.

Leia mais notícias:

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos