Homem é preso acusado de praticar sexo com cadáver de mulher de 83 anos no Ceará

Carlos Madeiro

Do UOL, em Maceió

Um homem de 27 anos está preso na cadeia pública de Tamboril (284 km de Fortaleza), desde o último sábado (2), acusado de praticar sexo com um cadáver que estava enterrado no cemitério São Pedro. A vítima era o corpo de uma idosa de 83 anos, que morrera oito dias antes do suposto ataque de necrofilia.

Segundo a polícia, João Paulo Cardoso, conhecido como “Tiririca”, foi preso em flagrante pela PM (Polícia Militar), após ser flagrado dentro do cemitério. Um inquérito já foi aberto para apurar o caso. Apesar de não aparentar problemas, a sanidade da mental do acusado será investigada pela polícia.

“Foi um caso realmente bem inusitado, que nunca ouvi falar na vida. Segundo os relatos, ele foi ao cemitério, desenterrou o corpo, retirou o cadáver do caixão e praticou sexo com a idosa. Ele foi preso em flagrante, e, como os crimes têm penas previstas maiores que quatro anos, o delegado não pôde arbitrar fiança e ele segue detido”, disse o inspetor Everardo Rodrigues, da delegacia regional de Crateús --vizinho a Tamboril--, onde o flagrante foi registrado.

Segundo o inspetor, Tiririca foi flagrado por uma pessoa que passava pelo local e o viu dentro do cemitério. O caso foi denunciado à PM, que comprovou o ato. Acusado e vítima moravam na mesma comunidade de Tamboril, no distrito de Sucesso. O caso teve grande repercussão e gerou revolta na cidade.

Ainda segundo a polícia, Tiririca está preso com base nos artigos 210 e 212 do Código Penal, que tratam da proibição da violação de sepultura e vilipêndio de cadáver, com penas previstas de um a três anos  de prisão, mais multa.

Em depoimento, segundo a polícia, o acusado teria confessado o crime. “Ele admitiu tudo. Disse, inclusive, que conhecia a vítima, que foi ao enterro dela oito dias antes de praticar o crime. Ele alegou que tinha bebido e por isso foi ao cemitério”, disse o escrivão da delegacia de Tamboril, Ricardo Siebra, citando ainda que, até o momento, nenhum familiar da vítima apareceu para prestar queixa na delegacia da cidade.
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos