PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Horário de verão termina neste domingo; relógios devem ser atrasados em uma hora

Do UOL, em São Paulo

15/02/2013 06h00

Termina à 0h deste domingo (17) o horário de verão nos Estados do Sul, Sudeste e Centro-Oeste, além do Tocantins, na região Norte. Com o fim da medida, que vigorava desde 21 de outubro do ano passado, os relógios deverão ser atrasados em uma hora.

Na atual edição, o horário de verão deixou de fora a Bahia, onde o governador Jaques Wagner (PT) suspendeu a medida alegando que a maioria dos cidadãos do Estado, a partir de pesquisa feita pelo governo, era contrária a ela.

Até o início da atual edição do horário de verão, a expectativa do governo federal era a de que as redes de transmissão de energia fossem aliviadas nas faixas de horário de pico do consumo --sobretudo das 18h às 21h-- entre 5% e 5,5% da demanda.

Em valores, o ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico) previa uma economia de cerca de R$ 282 milhões devido à redução do consumo de energia elétrica provocada pelo adiantamento dos relógios em uma hora. A cifra é 56% maior que os R$ 180 milhões poupados na última edição da medida, entre o final de 2011 e o começo de 2012.

O balanço do atual horário ainda não foi fechado.

Metrô, CPTM e EMTU

Segundo o Metrô e a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), o fim do horário de verão vai alterar também o funcionamento desses serviços –que vão operar por uma hora a mais, entre sábado e domingo.

A EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo) informou que as linhas de ônibus metropolitanas também vão operar uma hora a mais, até a meia-noite do horário normal. A partir de domingo, segundo a empresa, as linhas cumprirão a tabela horária que vinham cumprindo antes do horário de verão.

Ao todo, são 823 linhas da EMTU em três regiões metropolitanas do Estado.

Voos

Os voos de Estados brasileiros que não aderiram ao horário de verão também serão alterados de sábado para domingo, informou em nota, nesta quinta-feira (14), a Abear (Associação Brasileira das Empresas Aéreas).

De acordo com a entidade, horários de chegada e partida dos voos serão atrasados em uma hora, em relação àquelas onde o horário vigora, nas cidades que não aderiram ao horário de verão --nos aeroportos dos Estados do Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima e Sergipe.

A Abear alertou os passageiros que que verifiquem junto às companhias aéreas se seus voos serão alterados.

A entidade é formada por representantes das cinco principais companhias aéreas brasileiras --Avianca, Azul, Gol, TAM e Trip. Elas representam 99% do mercado, mais de 450 aeronaves e fazem cerca de 2.700 voos diários.

Horário foi estipulado em decreto

Por conta de um decreto presidencial, desde 2008 foram estabelecidas datas fixas para início e término do horário de verão. Até então, publicava-se um decreto para definição do período da mudança.

Com o decreto, todos os anos o horário tem início no terceiro domingo de outubro e termina no terceiro domingo de fevereiro. Caso a data coincida com o domingo de Carnaval, o fim do horário de verão acaba sendo transferido para o domingo seguinte.

Cotidiano