PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Magro e de cabelo raspado, ator deixa prisão no Rio: "justiça foi feita"

Ao passar pelo portão de saída do presídio, Romão disse que "a justiça foi feita? - Gabriel de Paiva/ Agência O Globo
Ao passar pelo portão de saída do presídio, Romão disse que "a justiça foi feita? Imagem: Gabriel de Paiva/ Agência O Globo

Rafael Godinho

Do UOL, no Rio

26/02/2014 14h21Atualizada em 26/02/2014 17h11

O ator Vinicius Romão, preso no último dia 10 após ser acusado de roubo, deixou a Casa de Detenção Patrícia Acioli, em São Gonçalo, região metropolitana do Rio de Janeiro, na tarde desta quarta-feira (26). Mais magro e com o cabelo raspado, ele saiu acompanhado do pai e do advogado. Ao passar pelo portão de saída do presídio, Romão disse que "a justiça foi feita”.

Antes de entrar no carro, ele deu tchau para os amigos que estavam do lado de fora. Um deles, Bruno Ramos, disse que essa foi apenas uma parte da “vitória”. “Só vamos ficar sossegados quando ele for totalmente inocentado e não precisar responder mais por nenhum crime que ele não tenha cometido”, afirmou.

O advogado do ator, Rubens Nogueira Abreu, afirmou ao chegar à casa de detenção que ele deve se livrar da acusação apenas após o Carnaval. O advogado afirmou que, por enquanto, Romão terá que obedecer leis sobre o status de liberdade provisória, mas depois do Carnaval ele será absolvido sumariamente.

Com roupas e pertences do ator, ele parou para conversar rapidamente com os jornalistas e contou que  os familiares de Romão não irão ao presídio acompanhar a saída do rapaz e estão proibidos de falar sobre o processo de soltura.

Flamengo

Vinícius Melich, amigo de Romão, contou que os jogadores do Flamengo – time pelo qual o ator torce – farão um protesto no jogo da Copa Libertadores de hoje, quando o time recebe o Emelec no Maracanã.

"Entregamos uma faixa para os jogadores do Flamengo, que entrarão no gramado com ela no jogo desta noite e farão um protesto", contou Melich, que não soube informar o que estará escrito na faixa.

Melich afirmou que está visitando Romão todos os dias e contou que o amigo está bem. "Rasparam o cabelo dele. Não está mais black power. Ele está há mais de dez dias com a mesma roupa, em uma cela com outros 15 presos. Ele é muito tranquilo. Inclusive ofereceram uma cela especial por ele ter nível superior, mas ele recusou", disse.

Cotidiano