PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Xanxerê tem 4.200 desalojados após passagem de tornado, aponta Defesa Civil

Dinilson Vieira

Do UOL, em Joinville (SC)

26/04/2015 20h35

A Defesa Civil de Santa Catarina divulgou neste domingo (26) novo balanço dos prejuízos em Xanxerê (551 km de Florianópolis), no oeste do Estado, causados pelo tornado que atingiu a cidade na última segunda-feira (20). Segundo os dados mais recentes, 4.275 pessoas estão desalojadas e há 539 desabrigadas na cidade, por conta dos ventos que ultrapassaram a velocidade de 250 km/h.

Duas pessoas morreram e 97 ficaram feridas, pelo menos cinco com gravidade. São 2.188 casas atingidas, sendo 1.583 com danos nos telhados, 360 parcialmente danificadas e 235 totalmente destruídas. Em relação às empresas, 38 tiveram prejuízos. Nove prédios públicos foram danificados, entre os quais o Ginásio Municipal, que ficou praticamente destruído.

No balanço da Defesa Civil de sexta-feira (24), eram 2.000 desalojados e 180 desabrigados. Esses números mais que duplicaram em relação ao balanço atual. O número de feridos também subiu de 95 para 97. Os valores sofrem alteração conforme as informações individuais são repassadas.

Em Ponte Serrada (507 km de Florianópolis), onde também ocorreu um tornado, porém com menos intensidade, não foram registradas mortes. O balanço deste domingo mostra 27 feridos, 1.050 desalojados e 77 desabrigados. Os números de sexta-feira eram 23, 1080 e 47, respectivamente.

Em relação às edificações, são 180 casas com danos nos telhados, 148 parcialmente danificadas e 24 totalmente destruídas. Outras 31 empresas e uma edificação pública foram atingidas.

Prejuízos econômicos

A Defesa Civil de Santa Catarina trabalha no levantamento de danos financeiros causados pelo desastre natural. Conforme os relatórios oficiais, em Xanxerê os prejuízos em residências alcançam R$ 49,5 milhões. Nas empresas, os danos superam os R$ 45,3 milhões. Já as edificações públicas tiveram danos financeiros de R$ 9, 7 milhões. A soma é de R$ 104,5 milhões.

Os números de Ponte Serrada são de prejuízos estimados na ordem de R$ 885 mil em edificações públicas e de R$ 8,1 milhões em residências e empresas.

Visita de Dilma

A expectativa do prefeito de Xanxerê, Ademir Gasperini (PSD), é de que a visita da presidente Dilma Rousseff (PT), marcada para esta segunda-feira (27), venha acompanhada de boas notícias, como a liberação rápida de recursos federais para a reconstrução da cidade.

Em entrevista a uma emissora de TV neste sábado, Gasperini disse estar “um pouco mais aliviado, mas também muito preocupado” com a situação da cidade que administra, cinco dias após o tornado passar pela região.

“Quem viveu isso durante essa semana e teve contatos desde a presidência, governador até aquela pessoa simples, humilde que foi atingida lá, tem que ter uma estrutura psicológica muito grande para suportar isso”, disse o prefeito.

Cotidiano