Violência no Rio

Ladrão devolve R$ 1.000 roubados no Réveillon de Copacabana: "me perdoe"

Do UOL, no Rio

  • Reprodução/Facebook

    "Dr. Eduardo estou devolvendo seu dinheiro que eu peguei da sua carteira no dia 31 em Copacabana. Não dormi arrependido e peço que me perdoe. Feliz Ano Novo. Só tirei cinquenta reais pra comprar uma champanhe pra minha mãe. Fábio"

    "Dr. Eduardo estou devolvendo seu dinheiro que eu peguei da sua carteira no dia 31 em Copacabana. Não dormi arrependido e peço que me perdoe. Feliz Ano Novo. Só tirei cinquenta reais pra comprar uma champanhe pra minha mãe. Fábio"

O advogado Eduardo Goldenberg, morador do Rio de Janeiro, teve a carteira roubada na noite do dia 31 de dezembro, ao chegar a Copacabana, na zona sul da capital fluminense, para a festa da virada do ano. Alguns dias depois, ele conseguiu recuperar a carteira.

Na terça-feira (5), ao chegar ao trabalho, ele encontrou um envelope com quase todo o dinheiro que havia sido furtado --R$ 1.017-- e um bilhete deixado pelo ladrão. "Dr. Eduardo, estou devolvendo seu dinheiro, que eu peguei da sua carteira no dia 31, em Copacabana. Não dormi, arrependido, e peço que me perdoe. Feliz Ano Novo. Só tirei cinquenta reais pra comprar uma champanhe pra minha mãe. Fábio", dizia o texto, escrito a mão.

O próprio advogado diz ver a história como algo inacreditável. "A história é inverossímil. Se não tivesse alguém para contar, não teria ar de verdade", disse Goldenberg ao UOL. "Não tenho nada a ganhar com isso [com a divulgação da história]. Nem sei por que os holofotes estão voltados para mim. A história do garoto é comovente."

Mensagem

Goldenberg compartilhou sua história no Facebook, que viralizou em apenas algumas horas, com mais de 4.000 curtidas e quase 3.000 compartilhamentos. "Mal saltamos na estação Siqueira Campos, plau!, senti uma mão estatelada no bolso esquerdo da bermuda cargo que eu vestia e adeus carteira, adeus dinheiro e nada disso importa, é 31 de dezembro, que façam bom uso do dinheiro, dos documentos eu peço a segunda via e vamos pra festa que é o que interessa", contou Goldenberg no texto.

Ele continua o post dizendo que foi contatado no dia seguinte, pelo Facebook, por uma pessoa cuja identidade foi preservada e que havia encontrado a carteira na própria estação de metrô Siqueira Campos.

Mas foi só na terça, quando voltou ao trabalho, que o advogado teve a surpresa: um envelope com o dinheiro --R$ 50 estavam faltando-- e o bilhete: "Entrei, já aflito. Tranquei a porta. Acendi as luzes, sentei-me, pus os óculos, abri com cuidado o envelope e contei, atônito, R$ 967 em dinheiro". "Eu só chorava. Quem me protege não dorme", finalizou.

O advogado disse não ter visto necessidade de registrar boletim de ocorrência a respeito do furto. "A única coisa que me interessava na carteira eram os documentos. E eu poderia pedir a segunda via deles depois", disse Goldenberg ao UOL.

Repercussão

O advogado ainda não tem noção sobre a repercussão de sua mensagem publicada. "Não tive condição de parar para ver isso ainda. Sei de um amigo e de outro que falam que viram história aqui, ali", contou Goldenberg ao UOL.

Sobre comentários de leitores que pensam que a história não seja verdadeira, o advogado diz que é "uma pena não acreditarem". "Achei que não custava dividir isso com as pessoas."

Goldenberg critica o "discurso do medo" na sociedade. "No Brasil, temos mais medo do que violência. Aos 46 anos, sofri o primeiro furto da minha vida", disse o advogado, que não pretende deixar de fazer nada em sua rotina após o furto na noite de Ano-Novo.
 

 

Estou desde terça-feira, 05/01/2016, ainda impactado, decidindo com meus botões se conto ou se não conto a história que...

Publicado por Eduardo Goldenberg em Quinta, 7 de janeiro de 2016

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos