União impõe bloqueio de R$ 128 milhões nas contas do Rio de Janeiro

Do UOL, em São Paulo

  • Kaue Pallone/Futura Press/Estadão Conteúdo

    Servidores protestam pelo pagamento de salários atrasados no Rio

    Servidores protestam pelo pagamento de salários atrasados no Rio

A União determinou um novo bloqueio das contas do governo estadual do Rio de Janeiro por uma dívida de R$ 128 milhões, a partir desta quinta-feira (22).

Devido ao impedimento, o governo do Rio informou, por meio de nota, que não pagará duas parcelas atrasadas dos salários de servidores do Estado. 
 
As quantias seriam depositadas nas contas dos servidores que não receberam os seus vencimentos integrais em novembro. O pagamento estava programado para ser feito nos dias 23 e 29 deste mês. 
 
Com a nova obstrução, as contas do Tesouro estadual somam R$ 525 milhões bloqueados. 
 
Segundo o governo do Rio, o novo calendário de pagamentos será divulgado até a próxima segunda-feira (26).
 

Crise no Estado

Em novembro deste ano, a Assembleia do Rio reconheceu estado de calamidade pública por causa da crise financeira. Além de atrasar os salários dos servidores, o Estado vem enfrentando dificuldades na prestação de serviços essenciais, como nas áreas de segurança pública, saúde, educação e mobilidade.

 

Para tentar atingir o equilíbrio fiscal, o governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) busca a aprovação de um pacote de austeridade com medidas como aumento da tarifa de ônibus e o fim da manutenção estadual dos restaurantes populares.

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos