Petrobras

Incêndio atinge refinaria de Duque de Caxias; sindicato pede interdição

Douglas Corrêa

Da Agência Brasil

  • Ana Carolina Fernandes/Folhapress

    Reduc (Refinaria de Duque de Caxias), no Rio de Janeiro (RJ), da Petrobras

    Reduc (Refinaria de Duque de Caxias), no Rio de Janeiro (RJ), da Petrobras

Um incêndio atingiu no início da tarde desta quarta-feira (18) a Unidade 1210 de destilação atmosférica da Refinaria Duque de Caxias (Reduc), na Baixada Fluminense. Equipes da Brigada de Incêndio e do Programa de Ajuda Mútua (PAM) da refinaria estão tentando controlar as chamas e os rolos de fumaça negra que chegaram a atingir mais de 10 metros de altura. Não há informações de feridos.

Motoristas que passavam pela Avenida Brasil, principal ligação das zonas norte e oeste da cidade, e pela rodovia Rio-Petrópolis observaram que a fumaça negra saía dos tanques de combustíveis da unidade da Reduc.

A Reduc refina 240 mil barris de petróleo/dia. Os mais importantes são gasolina, diesel e gás liquefeito de petróleo (GLP).  A unidade 1210 é o centro da empresa. Nesta unidade chega o petróleo bruto que é distribuído em várias torres de destilação. De acordo com o peso molecular de cada produto, ele é dividido em bandejas, onde saem os combustíveis já separados.

Segundo o presidente do Sindicato dos Petroleiros de Duque de Caxias, Simão Zanardi, o calor que faz no Rio, e muitos fornos de destilação de combustíveis teriam contribuído para o incêndio de grandes proporções, provocado provavelmente por vazamento de um produto da unidade. Zanardi disse que na semana que vem, o sindicato vai entrar com uma ação na Agência Nacional do Petróleo pedindo a interdição total da Reduc, "por descumprimento das normas de segurança".

Segundo Zanardi, a redução do efetivo com o programa de demissão voluntária, a falta de incentivos e manutenção preventiva vêm contribuindo para os problemas na Reduc, que "atualmente só conserta um equipamento quando quebra".

A Petrobras informou, por meio de nota, que por volta das 13h40 de hoje, ocorreu um vazamento de combustível, seguido de incêndio, na Unidade de Destilação da Refinaria Duque de Caxias. A ocorrência foi prontamente controlada pela equipe de contingência da refinaria e comunicada aos órgãos de controle. Não houve danos às pessoas e também ao meio ambiente. A unidade está parada para avaliação das causas do incidente e eventual necessidade de manutenção, visando à retomada da operação. A companhia esclarece que o abastecimento ao mercado está garantido.

Histórico

A Refinaria Duque de Caxias (Reduc) é uma das maiores do Brasil em capacidade instalada de refino de petróleo. A refinaria iniciou sua produção em 1961. Com uma logística privilegiada, responsável por 80% da produção de lubrificantes e pelo maior processamento de gás natural do Brasil, ela possui também o maior portfólio de nossos produtos (no total, são 55 produtos processados em 43 unidades).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos