PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Aeroviários de Guarulhos vão parar a partir de 6h de sexta, diz sindicato

Vista do Aeroporto Internacional de Guarulhos, na região metropolitana de São Paulo - Daniel Vorley/ Frame/Estadão Conteúdo
Vista do Aeroporto Internacional de Guarulhos, na região metropolitana de São Paulo Imagem: Daniel Vorley/ Frame/Estadão Conteúdo

Daniela Garcia e Mirthyani Bezerra

UOL, em São Paulo

25/04/2017 18h47

Aeroviários de Guarulhos (SP), Recife (PE) -- representados pela Fentac (Federação Nacional dos Trabalhadores em Aviação Civil da CUT) -- e de Porto Alegre (RS) aprovaram em assembleias aderir à greve de 24 horas nesta sexta-feira (28).

Rodrigo Maciel, presidente do Sindicato dos Aeroviários de Guarulhos, diz que a ordem é paralisar as atividades a partir de 6h de sexta.

A categoria está atendendo a convocação de movimentos sociais e centrais sindicais para uma greve geral nacional contra a reforma da Previdência e mudanças na legislação trabalhista propostas pelo governo Michel Temer. 

Procurada, a Secretaria de comunicação da Presidência não quis comentar a mobilização. Em diversas ocasiões, Temer disse que as reformas são necessárias para o país voltar a crescer e retomar a geração de empregos. O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, chegou a dizer que sem a reforma da Previdência o Brasil pode “quebrar”. Sobre a reforma trabalhista, Temer tem dito que é necessário modernizar as normas que regem as relações de trabalho.

Você é a favor da greve geral convocada para a sexta-feira (28)?

Resultado parcial

Total de 197241 votos
56,91%
41,52%
1,57%
Total de 197241 votos

Valide seu voto

Os aeroviários são responsáveis pelos serviços de contato direto com os passageiros, como o check-in e o embarque. Maciel afirma que 30% dos aeroviários de Guarulhos e Recife vão manter as atividades. 

O Sindicato Nacional dos Aeroportuários orientou, por sua vez, para que membros da categoria de todo o Brasil paralisem as atividades nesta sexta. "Dirigentes locais estão fazendo a conscientização. Sabemos que a maioria dos ônibus não vai rodar. Então como o pessoal vai ir trabalhar?", disse Severino Macedo, dirigente sindical do aeroporto de Congonhas.

A decisão dos aeroviários de fazer a greve vai impactar o maior aeroporto do Brasil. Guarulhos tem uma média de 104 mil passageiros e 800 voos por dia, segundo a concessionária. "O aeroporto trabalha com uma cadeia produtiva que se uma categoria adere à greve, o aeroporto não consegue funcionar normalmente", afirma Maciel. 

Pilotos e comissários de voo ainda decidem se vão fazer a paralisação em assembleia nesta quinta-feira (27).
 

Pode trocar o voo da sexta?

O UOL entrou em contato com as três maiores companhias de aviação do Brasil para informar como o passageiro pode proceder em caso de voos marcados para a sexta-feira. 

A Latam Airlines Brasil informa que, até o momento, as regras de passagens permanecem inalteradas. 
 
Já a Gol informou que clientes com voo marcado para essa data, e que desejarem adiantar ou postergar sua viagem , poderão fazê-lo sem custo pelos canais de atendimento da empresa. 
 
A reportagem aguarda informações da Azul. 

Cotidiano