Policial é afastado após ser detido com R$ 3,1 milhões em cocaína

Patrick Mesquita

Colaboraçãopara o UOL

  • Divulgação/Polícia Civil

A  Polícia Civil de Mato Grosso do Sul afastou o investigador Jonas Ricardo Silva  da Cruz, de 31 anos, detido no último dia 20 transportando 45 kg de cocaína no  carro. A decisão foi publicada pela Corregedoria Geral do Polícia Civil no Diário Oficial do Estado.

O investigador foi preso no município de Água Clara (MS). Jonas dirigia um Kia  Sportage quando foi parado pela Polícia Rodoviária Federal. Durante a fiscalização,  o investigador demonstrou nervosismo, o que despertou a suspeita dos policiais.  Os agentes verificaram o veículo e encontraram 40 tabletes de cocaína, o  equivalente a R$ 3,1 milhões.

Questionado sobre a droga, o policial afirmou desconhecer completamente a existência da carga no carro e negou dar mais informações sobre o ocorrido.

Jonas foi preso em flagrante e encaminhado para a 3ª Delegacia de Polícia de Campo Grande. Ele se encontra em uma cela específica para policiais. A Justiça  converteu o flagrante em prisão preventiva por 30 dias até que as investigações  sejam concluídas.

"O entorpecente apreendido é cloridrato de cocaína, droga com alto grau de concentração e com o valor  comercial elevado. Estima-se que o kg dela, nos grandes centros urbanos, tem o valor aproximado de 70 mil reais", avalia a Polícia Civil em comunicado enviado ao UOL.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos