PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Policial morre atropelado por buggy em corrida nas dunas no RN

André Luis Josuá  - Arquivo pessoal
André Luis Josuá Imagem: Arquivo pessoal

Aliny Gama

Colaboração para UOL, em Maceió

28/08/2017 14h43

Uma corrida de buggies acabou em tragédia nas dunas da praia de Jacumã, no município de Ceará-Mirim (região metropolitana de Natal), neste domingo (27). Um dos veículos atropelou e matou o policial André Luis Josuá de Lima, 47, que assistia e fotografava o evento.

Imagens feitas por expectadores da corrida mostram o momento em que Lima é atingido por um dos buggies perto de uma curva da pista.

Lima estava agachado pouco atrás de uma das bandeiras que delimitavam a pista quando o veículo o atropelou. Não havia qualquer tipo de proteção, como barricada de pneus ou barreiras naturais, para proteger o público.

Após o acidente, pessoas que estavam próximo ao policial tentaram socorrê-lo. O policial morreu a caminho do Pronto-Socorro Clóvis Sarinho, em Natal, onde receberia cuidados médicos.

No domingo, o corpo dele foi submetido a necropsia no Itep (Instituto Técnico-Científico de Perícia), em Natal. O enterro ocorre nesta segunda-feira.

A Polícia Civil, a Associação dos Delegados de Polícia Civil do Rio Grande do Norte e a Sesed emitiram notas lamentando a morte do policial e destacando seu trabalho ao longo da carreira na segura pública do Estado.

Momento do atropelamento foi registrado em vídeo

Band News

A Polícia Civil informou que o caso está sendo investigado pela Delegacia de Ceará-Mirim. O UOL entrou em contato com o Corpo de Bombeiros, responsável pela fiscalização de segurança do evento, e com a Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social, mas até a publicação deste texto nenhum dos órgãos havia se posicionado sobre o assunto.

O organizador da corrida, Cléber Pereira, disse que o evento tinha autorização da Secretaria de Meio Ambiente, Turismo e Desenvolvimento Econômico de Ceará-Mirim e que “adotou todas as medidas de segurança, com sinalização da pista, ambulância com equipe de pronto-atendimento e bombeiros civis”.

A corrida ocorre a cada três meses nas dunas de Jacumã. Segundo a organização do evento, 20 pilotos participam da corrida. Seis buggies participaram desta etapa na qual o acidente ocorreu. 

O UOL confirmou que o evento foi autorizado pela Secretaria de Meio Ambiente, Turismo e Desenvolvimento Econômico de Ceará-Mirim. Segundo a prefeitura de Ceará-Mirim, a secretaria “se ateve apenas à avaliação ambiental, como: avaliação técnica do ecossistema dunar, fauna silvestre e flora nativa e dos possíveis danos, mediante a Lei 9.605 de 98.”

A fiscalização dos parâmetros de segurança do evento, segundo a prefeitura, é de responsabilidade do Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal e Defesa Civil Municipal, entretanto, a Prefeitura informou que os organizadores não solicitaram aos demais órgãos municipais a autorização para realização do evento.

O Detran-RN informou à reportagem que não recebeu nenhuma solicitação para autorização do evento, mas que por se tratar de área de preservação ambiental não é responsável pela fiscalização do local.

Cotidiano