Polícia divulga vídeo que mostra 2º túnel que levaria a cofre do Banco do Brasil

Do UOL, em São Paulo

A Polícia Civil divulgou nesta quarta-feira (4) um novo vídeo que mostra o segundo túnel construído pela quadrilha que pretendia roubar R$ 1 bilhão do cofre do Banco do Brasil, na zona sul de São Paulo.

O túnel sai da galeria de água de chuva e percorre cerca de 30 metros até o local onde fica depositado o dinheiro. O espaço é menor que o primeiro túnel, mas segue o mesmo sistema de escavação, com laterais e teto escorados.

Marcelo Goncalves/Sigmapress/Estadão Conteúdo
Primeiro túnel encontrado pela Polícia Civil de São Paulo

Ao todo, o caminho subterrâneo construído pelos criminosos tem cerca de 600 metros, quase oito vezes maior ao que foi usado no assalto ao Banco Central de Fortaleza, em agosto de 2005, quando foram levados R$ 164 milhões.

Segundo o delegado Fábio Pinheiro Lopes, a quadrilha investiu cerca de R$ 4 milhões para preparar o crime, sendo que, cada integrante, colaborou com R$ 200 mil para compra de estrutura e mantimentos.

Segundo o delegado, o roubo deveria ocorrer na próxima sexta (6). "O túnel já estava pronto. Estavam instalando os trilhos e carrinhos para retirar o dinheiro. Eles tinham apoio de bússola. Pela estrutura do túnel, tinha um trabalho forte de engenharia, feito em paralelo à galeria pluvial", disse.

A quadrilha alugou a casa da zona sul por R$ 2 mil em 20 de junho. "Família e proprietária da casa não tinham nada a ver. Usaram documentos falsos para alugar e enganaram elas também. Os bandidos fizeram mudanças estruturais como fechar a porta completamente", afirmou Lopes.

Prisão

Os 16 suspeitos detidos em flagrante tiveram a prisão preventiva decretada nesta terça-feira (3). A ação policial que resultou na prisão da quadrilha ocorreu na noite de segunda (2), após longa investigação policial.

"A prisão em flagrante dos autuados resultou de investigação policial em curso há cerca de três meses, em que se apurou que os investigados, integrantes de organização criminosa, pretendiam efetuar subtração bilionária do cofre de uma instituição financeira", escreveu a juíza Bruna Acosta Alvarez. A magistrada não concedeu medida cautelar aos 16.

Fernando Santiago, 40, e Alceu Ceu Nogueira, 35, são apontados pela polícia como os líderes da quadrilha. Além deles, foram pegos em flagrante Ailton Júnior, 30, Alex dos Santos, 38, André Moura, 41, Carlos dos Santos, 33, Daniel dos Santos, 22, João de Almeida, 37, Josemar Alves, 31, Marcelo Ferreira, 47, Marcelo Correia, 43, Marcos Chini, 43, Marcílio Campos, 45, Milton Borges, 45, Roberto Herci, 52, e Valdomiro da Cruz, 55.

Eles vão responder por tentativa de furto qualificado e associação criminosa. Entre os integrantes da quadrilha, 12 já tinham passagens na polícia por homicídio, roubo, furto, tráfico de drogas, estelionato e porte de arma. Segundo a polícia, alguns dos assaltantes atuaram em dois grandes roubos a banco no Brasil: o maior do país, em Fortaleza, e o do Itaú, em São Paulo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos