Violência no Rio

No Dia das Crianças, tiroteios perto de parques de diversões no Rio deixam mortos e feridos

Do UOL, no Rio

  • Uanderson Fernandes/Agência O Globo

    Em São João de Meriti, uma tentativa de assalto contra o dono de um parque de diversões terminou com 2 pessoas mortas

    Em São João de Meriti, uma tentativa de assalto contra o dono de um parque de diversões terminou com 2 pessoas mortas

Um tiroteio próximo a um parque de diversões em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, na quinta-feira (12), deixou três feridos e levou pânico a pais e filhos que celebravam o feriado de Dia das Crianças no local. 

Segundo a Polícia Militar, tudo começou com o sequestro de um homem, que seria vizinho de um policial civil. Após observar movimentação suspeita, esse agente acionou a PM e informou que os criminosos estavam rodando com a vítima e obrigando-a a realizar saques em caixas eletrônicos.

O veículo, que conta com um aparelho rastreador, foi então cercado pela polícia na área entre o viaduto do K11 e a praça Augusto Dumont, onde está localizado o parque. A perseguição terminou em tiroteio, mas os disparos teriam sido feitos apenas pelos assaltantes, na versão da PM.

"Não houve revide, pois o refém estava em poder dos criminosos", informou a corporação, em nota. "Houve cerco e os criminosos dispararam em direção ao parque, onde estava acontecendo evento do Dia das Crianças."

O pânico ficou ainda maior depois que os criminosos saltaram do carro e tentaram fugir a pé ao mesmo tempo que atiravam contra o parque. A PM não informou quantos homens praticaram o crime, mas afirmou que alguns conseguiram fugir. Três deles foram capturados e levados para a 52ª DP.

Os feridos foram encaminhados para o HGNI (Hospital Geral de Nova Iguaçu), onde permanecem internados, mas sem risco de morte. A reportagem não conseguiu contato com a assessoria do hospital a fim checar o boletim atualizado e a identidade das vítimas.

Dono do PlayCity é assassinado a tiros

O Dia das Crianças na Baixada Fluminense teve ainda um segundo tiroteio em uma tentativa de assalto que ocorreu perto do parque de diversões PlayCity, localizado no estacionamento do Shopping Grande Rio, em São João de Meriti.

As vítimas foram o dono do parque, o empresário Manoel Alves, e seu segurança, o sargento PM Jorge da Silva Brandão. Eles foram atingidos por disparos efetuados pelos criminosos e não resistiram aos ferimentos.

Chacina em bar

Ainda nesta quinta, um outro tiroteio deixou três mortos em um bar localizado na estrada do Calundu, em Duque de Caxias, também na Baixada Fluminense. Segundo a polícia, criminosos desceram de um carro branco, em frente ao estabelecimento, e efetuaram vários disparos a esmo. Nivaldo José Batista, Thiago Lessa de Melo e Marcelo Prates de Araújo foram atingidos e não sobreviveram.

De acordo com a DHBF (Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense), que investiga o caso, os atiradores seriam ligados à facção ADA, enquanto o bar onde foi feito o ataque seria frequentado por milicianos. Os três mortos não tinham antecedentes criminais.

Imagens de câmeras de segurança são analisadas pela DHBF para tentar identificar os suspeitos. O dono do bar e uma vítima sobrevivente foram ouvidos como testemunhas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos