Após agressões, comerciante mata ex que não aceitava fim do relacionamento

Wanderley Preite Sobrinho

Colaboração para o UOL

  • Reprodução/Facebook

    Antonio Bento era acusado de agressão e, segundo Viviane, não aceitava o fim do relacionamento entre eles

    Antonio Bento era acusado de agressão e, segundo Viviane, não aceitava o fim do relacionamento entre eles

Uma comerciante matou a facadas o ex-companheiro durante uma briga na noite de sábado (4) na cidade de Itanhaém, litoral de São Paulo. O crime aconteceu em frente ao quiosque de Viviane Ribeiro, que confessou o crime à polícia.

Viviane trabalhava em seu ponto comercial em uma praia no Jardim Suarão quando, pela segunda vez naquele dia, Antonio Bento foi tirar satisfações. Ele não aceitava a decisão da ex-companheira de pôr fim ao relacionamento.

Ao UOL, a Delegacia Sede de Mongaguá confirmou a versão dada pela própria Viviane. Ela contou que Bento vinha batendo nela com cada vez mais frequência desde que ela terminou o namoro. Naquele mesmo dia, ele já teria agredido a comerciante, que na segunda vez se defendeu com uma faca.

Segundo o relato da suspeita, ela esfaqueou Bento diversas vezes até que ele não resistisse e morresse a poucos metros do quiosque. O corpo foi encontrado na noite de sábado na rua Camurci Martins de Castro.

Já no domingo, Viviane procurou a delegacia para confessar o crime. Liberada após depoimento, ela deve responder por homicídio doloso, com intenção de matar. Os oficiais encaminharam o caso para a Delegacia Seccional de Itanhaém, que abriu um inquérito.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos