PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Família abordada por bandidos deixa carro em movimento e motorista é atropelado no Rio

Marcela Lemos

Colaboração para o UOL, no Rio

06/07/2018 09h10

Uma família abordada por bandidos na noite desta quinta-feira (5) na Praça 13 de Julho, no bairro de Cordovil, na zona norte do Rio, passou por momentos de pânico. Criminosos chegaram a atropelar o motorista e uma mulher caiu do veículo em movimento com uma criança no colo.

Um vídeo publicado pela OTT (Onde Tem Tiroteio), plataforma que monitora casos de violência no Rio, mostra o momento da ação. Homens em um carro branco, parado no meio da rua, próximo à praça, abordam o carro preto da família que estava em baixa velocidade na direção contrária. Quando os veículos estão próximos, um barulho de tiro é ouvido. O carro da família chega a engatar a ré. Os assaltantes saem do carro e logo em seguida a família também deixa o veículo, ainda em movimento.

Pelas imagens, é possível observar que quatro pessoas estavam no carro. Duas mulheres são as primeiras a saírem. Uma delas, que segura uma criança, acaba caindo e levantando rápido. O carro avança sobre o motorista. No vídeo, é possível observar que os bandidos chegam a andar poucos metros com a vítima ainda sobre o carro. Aparentemente, ninguém se feriu gravemente. 

Procurada, a PM disse que foi acionada e buscas foram feitas na região, mas até a publicação desta reportagem nenhum suspeito havia sido preso.

Noite marcada por violência

Ainda na noite desta segunda-feira (5), uma mulher foi vítima de bala perdida durante uma perseguição policial no bairro do Estácio, na região central do Rio.

De acordo com a PM, bandidos do Complexo do São Carlos tentavam fugir de policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) que atua na região quando dispararam contra uma viatura da corporação, estacionada em um dos acessos à comunidade. Ainda não há informações sobre o estado de saúde da vítima.

Por volta de 21h, um soldado do Exército, que integrava uma patrulha, na comunidade da Barão, na Praça Seca, zona oeste do Rio, ficou ferido após um tiro ser disparado na região.

Segundo o Coronel Cinelli, chefe de comunicação do CML, o tiro atingiu a viatura e alguns estilhaços de bala atingiram, sem gravidade, um dos integrantes que foi encaminhado para o Hospital Militar. Ele passa bem e não corre risco.

Diante do ocorrido, os agentes do CML iniciaram um intensivo vasculhamento na região. O Coronel também afirmou que será aberto um Inquérito Policial Militar para esclarecer as circunstâncias do caso. “Será realizada uma perícia sobre os possíveis danos sofridos à viatura”, disse Cinelli.

Já na madrugada desta sexta-feira (6), outra perseguição policial com troca de tiros assustou moradores do bairro de Botafogo, na zona sul do Rio. O caso ocorreu na rua Muniz Barreto em Botafogo. Não há informações de feridos.

Cotidiano