PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Brumadinho: chance de encontrar sobreviventes é pequena, dizem bombeiros

Ana Carla Bermúdez

Do UOL, em São Paulo

29/01/2019 20h09

O tenente Pedro Aihara, porta-voz do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, afirmou nesta terça-feira (29) que a chance de alguma vítima da tragédia de Brumadinho (MG) ser encontrada com vida é "muito pequena". 

O número de mortes confirmadas, segundo boletim divulgado nesta noite, subiu para 84. Outras 276 pessoas permanecem desaparecidas.

Neste quinto dia de buscas após o rompimento de uma barragem da mineradora Vale, nenhum sobrevivente foi encontrado pelos bombeiros. A última vez em que uma pessoa foi resgatada com vida foi no sábado (26) - a barragem se rompeu na sexta-feira (25).

"Hoje a gente não teve a confirmação de nenhuma pessoa encontrada com vida", declarou Aihara. "A possibilidade de encontrar alguma pessoa com vida é realmente muito pequena".

Nesta terça, os bombeiros conseguiram acessar completamente o interior de um ônibus que transportava funcionários da mineradora no momento do acidente. O veículo foi encontrado na noite de domingo (27), soterrado pela lama.

"Esse ônibus já foi inteiramente vistoriado e nele havia 3 vítimas. Tinha a expectativa de mais gente [estar no ônibus], mas se verificou que só três estavam nele", afirmou Aihara.

O tenente afirmou ainda que os bombeiros puderam retirar da lama, nesta terça, dois corpos de vítimas que estariam no refeitório da Vale no momento da tragédia, que aconteceu próximo ao horário de almoço dos funcionários.

"Acreditamos que tem uma concentração grande [de vítimas] lá", disse Aihara.

Veja o caminho percorrido pela lama da barragem de Brumadinho

UOL Notícias

Cotidiano