Topo

PM atira para o alto e ameaça morador em favela: "você vai ser o próximo"

Marcela Lemos

Colaboração para o UOL, no Rio

2019-03-25T14:09:59

25/03/2019 14h09

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra um policial militar do 17º BPM disparando um fuzil para o alto no meio de um grupo de moradores aglomerados na favela Vila Joaniza, na Ilha do Governador, zona norte do Rio de Janeiro. Nas imagens, é possível ouvir um dos policiais xingando um morador e fazendo ameaça.

"Fica de graça mesmo, filho da p** ... Tá pensando o quê? Acabou a bagunça nessa po**. Você vai ser o próximo."

No vídeo, gravado no último sábado (23), após suspeitos serem colocados no carro da PM, um dos moradores grita com o policial apressando para que a equipe deixasse a comunidade e socorresse um ferido na ocorrência. "Bora, Bora", diz um morador várias vezes.

O que diz a Polícia Militar

A Polícia Militar informou que a 1ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar "apura as circunstâncias e a conduta adotada pela equipe policial". Segundo a corporação, o agente que aparece xingando e atirando para o alto na comunidade foi afastado do serviço nas ruas.

Segundo a PM, policiais trocaram tiros com criminosos após terem sido atacados. Depois do confronto, um suspeito foi encontrado ferido e encaminhado a um hospital. O homem, cuja identidade não foi divulgada, morreu, segundo a corporação.

"A assessoria de imprensa da Secretaria de Estado de Polícia Militar informa que policiais militares do 17° BPM (Ilha do Governador) atuando na Vila Joaniza, na manhã de sábado (23/03), foram recebidos a tiros por criminosos e houve confronto. Após cessarem os disparos, as equipes localizaram um criminoso ferido. Ele foi socorrido ao Hospital Municipal Evandro Freire."

Na ação, também foram apreendidos carregadores de fuzil e de pistola, munições e sete cápsulas de cocaína. A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia de Homicídios.

Mais Cotidiano