PUBLICIDADE
Topo

Chuva causa interdição da marginal Tietê; rodízio da manhã é suspenso em SP

Eduardo Lucizano e Nathan Lopes

Do UOL, em São Paulo

05/07/2019 05h39Atualizada em 05/07/2019 14h07

A marginal Tietê ficou em estado de atenção por cerca de 11 horas hoje, segundo o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas), órgão da prefeitura de São Paulo. A chuva que atinge a capital paulista desde ontem provocou alagamento e interdição em trecho da via. As pistas da marginal, na altura da ponte das Bandeiras, foram liberadas por volta das 11h. O estado de atenção, porém perdurou de 1h35 até as 12h30.

Em razão das fortes chuvas, o rodízio de veículos na parte da manhã foi suspenso, segundo a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego). A circulação de carros com placas final nove e zero está liberada entre 7h e 10h. Por enquanto, o rodízio do final do dia, das 17h às 20h, ainda está mantido. As áreas de zona azul, para estacionamento de veículos em vias públicas, também foram liberadas nesta sexta.

Segundo a Prefeitura de São Paulo, nas últimas 24 horas, choveu 85,3 mm, quase o dobro da média esperada para todo o mês: 43,5 mm. No momento, há chuva fraca em pontos isolados.

Bloqueio na marginal

A marginal Tietê, na altura da ponte das Bandeiras, na zona norte da capital, teve bloqueios nas pistas local e central da marginal Tietê. Alguns trechos ficaram intransitáveis por conta de alagamento.

A CET pediu que os motoristas evitem a via perto da ponte nos dois sentidos.

No início da madrugada, o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas) da prefeitura de São Paulo colocou toda a cidade em estado de atenção para alagamentos. Ele foi encerrado por volta das 5h40, mas permanece para a região da marginal Tietê em razão do nível da água, que permanecem elevados, segundo o CGE.

A manhã começou com tempo fechado, mas com registro de chuviscos nos bairros paulistanos. Os termômetros marcavam cerca de 13,1ºC ao longo da madrugada. O CGE indica que, nas próximas horas, o tempo segue instável, com previsão de mais chuva, que pode ter intensidade moderada.

O nível do rio Tietê ficou elevado em razão da chuva que atinge a capital paulista desde quinta-feira (4) - Felipe Rau/Estadão Conteúdo
O nível do rio Tietê ficou elevado em razão da chuva que atinge a capital paulista desde quinta-feira (4)
Imagem: Felipe Rau/Estadão Conteúdo

Outras interdições

Além da marginal Tietê, a CET também apontou alagamento intransitável na avenida Cardeal Santiago Luiz Copello, em ambos os sentidos, junto ao viaduto Miguel Mofarrej, na zona oeste.

A situação foi a mesma na avenida Engenheiro Roberto Zuccolo, em ambos os sentidos, próximo à rua Padre Emílio Mioti, na zona sul.

A chuva também causou a interdição da rodovia dos Tamoios em trecho de serra na madrugada. A concessionária da via aponta o alto volume de chuva e risco de queda de barreira como motivos. A rodovia foi liberada por volta do meio-dia. Também houve interdição da rodovia Anhanguera nos dois sentidos na região de Cajamar.

Os Bombeiros informaram que registraram 32 quedas de árvores e dez desmoronamentos até as 23h59 de ontem. Entre 0h e 8h40 de hoje, os bombeiros registraram mais 11 quedas de árvores, dois desmoronamentos e 13 pontos de alagamento.

Onda de frio causa geada e temperaturas negativas no Sul

Band Notí­cias

Cotidiano