Topo

Com policial de microfone e fuzil, PM faz transmissão ao vivo de operação

Marina Lang

Colaboração para o UOL, no Rio

17/07/2019 16h03

A Polícia Militar do Rio de Janeiro fez na manhã de hoje uma transmissão ao vivo de uma operação policial no Complexo do São Carlos, na região central da capital, no perfil oficial da corporação no Facebook. No vídeo de cerca de nove minutos, um policial portando um fuzil narra detalhes da ação policial com um microfone com o logotipo da corporação --o equipamento contudo não funcionava durante a transmissão.

A reportagem do UOL procurou a PM para mais detalhes sobre a transmissão ao vivo, mas a corporação ainda não se manifestou. Após o envio dos questionamentos, o vídeo foi apagado da página do Facebook. Até o começo da tarde, o vídeo tinha ao menos 25 mil visualizações.

"O Batalhão da Polícia de Choque está atuando aqui, já temos um preso nessa operação. Foi preso um criminoso com uma pistola", diz o policial que reporta a operação no vídeo. Em seguida, o agente --identificado como capitão Maicon-- entrevista o comandante da operação.

"Você, seguidor da Polícia Militar, fica aqui com a gente ao vivo", diz o policial repórter em um dos trechos da filmagem. "A gente tem aqui vários conteúdos para você, principalmente nesse tempo de fake news. É muito importante que você tenha a responsabilidade de compartilhar informações, e sempre informações com credibilidade, ou seja, informações de órgãos oficiais", afirmou.

A transmissão segue mostrando um caveirão --como é chamado popularmente o blindado da corporação-- e PMs empunhando armamento pesado para uma eventual ação. O apresentador chega a mencionar uma operação na Cidade de Deus na manhã de hoje --duas pessoas foram mortas na comunidade da zona oeste carioca-- e outra nos morros do Fallet, Fogueteiro e Prazeres, na região central.

"Não é sempre que a gente consegue fazer [a transmissão] em um ambiente desse", comenta o apresentador. "Por quê? O ambiente aqui é hostil", avalia.

Não houve incidentes, tiros ou feridos no decorrer da transmissão ao vivo divulgada no Facebook da PM. A PM ainda não informou o balanço da ação no Complexo do São Carlos.

Mais Cotidiano