PUBLICIDADE
Topo

Mulher perde o dedo ao pegar carteira caída no chão com notas e explosivo

Bruna Alves

Colaboração para o UOL

07/12/2019 16h26

No início da noite de ontem, uma mulher de 37 anos perdeu um dedo ao tentar pegar uma carteira que encontrou caída no chão no Jardim Botânico, ponto turístico de Curitiba. Ao tocá-la, a carteira explodiu em sua mão. Apesar dos graves ferimentos, ela não corre risco de morrer.

A Polícia Militar confirmou o caso, mas até a publicação dessa reportagem, não encontrou o boletim de ocorrência que teria sido registrado ontem. Já a Polícia Civil disse que ainda não foi notificada pela PM.

O vendedor Robson Lisboa de Miranda, 40, trabalha em uma loja de lembranças em frente ao Jardim Botânico e foi o primeiro a socorrer a vítima. Segundo ele, o comércio estava fechando as portas quando os funcionários ouviram o barulho de uma forte explosão.

"Eu achei que fosse tiro, porque foi um barulho intenso, e logo após a explosão, apareceu uma mulher. Ela entrou na loja toda ensanguentada e com um dos dedos pela metade", afirma.

A mulher teve ferimentos em outras partes do corpo, além das mãos. Ela voltava do trabalho quando tudo aconteceu.

O Corpo de Bombeiros chegou ao local, e a vítima foi socorrida ao Hospital Cajuru, onde segue internada.

Ao relembrar da cena, Robson diz que ficou assustado e acredita que a carteira tenha sido colocada no chão propositalmente.

"Isso pode ter várias finalidades. Eu não sei qual é o objetivo disso, mas com certeza foi de propósito", afirma o vendedor.

"Parecia ficção. Quando eu vi achei que não fosse de verdade. Ela falou que viu a carteira no chão com dinheiro e quando ela foi pegar a carteira explodiu. O susto foi bem grande".

Embora ele tenha permanecido na loja até mais tarde para registrar o boletim de ocorrência, a PM não fez perguntas aos funcionários, apenas isolou a área para ser periciada. O departamento de antibombas da PM também esteve no local.

Cotidiano