PUBLICIDADE
Topo

Cidade de SP tem aumento de homicídios, latrocínios e estupros em janeiro

Carro da delegacia especializada em homicídios atende ocorrência em São Paulo - Uriel Punk/Futura Press/Estadão Conteúdo
Carro da delegacia especializada em homicídios atende ocorrência em São Paulo Imagem: Uriel Punk/Futura Press/Estadão Conteúdo

Marcelo Oliveira

Do UOL, em São Paulo

24/02/2020 20h59

Resumo da notícia

  • Número de homicídios dolosos (com intenção de matar) aumentaram na Capital de SP
  • Foram 67 registros desse crime em janeiro deste ano contra 55 no ano passado
  • No Estado, o número de homicídios dolosos teve queda
  • Na Capital, latrocínios e estupros também tiveram alta em relação a janeiro passado

A Capital de São Paulo registrou em janeiro deste ano aumento no número de homicídios, latrocínios e estupros em relação ao mesmo período do ano passado, revelam dados divulgados nesta segunda-feira (24) pela Secretaria de Segurança Pública de São Paulo.

Houve aumento no número de casos e nas vítimas de homicídio doloso em janeiro deste ano na cidade de São Paulo, com 67 casos e 70 vítimas. Em janeiro de 2019 foram 55 ocorrências de mortes intencionais, com total de 56 vítimas.

A tendência de alta se estendeu para os latrocínios, que teve dois boletins e duas vítimas a mais em janeiro deste ano, ante seis casos com seis vítimas em janeiro de 2019. Nos estupros, o aumento foi de 24 casos, totalizando 238 boletins.

Em compensação, não houve sequestros na Capital em janeiro pelo segundo ano consecutivo.

Zero roubos a bancos no Estado

Pela primeira vez desde que as estatísticas são divulgados, o estado de São Paulo não registrou casos de roubo a banco em janeiro, ante uma ocorrência no mesmo período do ano anterior.

No Estado homicídios caem

O estado de São Paulo registrou redução nos casos e vítimas de homicídios dolosos (com intenção de matar). O número de boletins de ocorrência de mortes intencionais caiu de 270 para 263, comparando janeiro de 2020 com o mesmo período de 2019. Na Capital, entretanto, o número de homicídios aumentou no mesmo período.

O estado de São Paulo registrou queda nos casos e vítimas de homicídios dolosos (com intenção de matar). O número de boletins de ocorrência de mortes intencionais caiu de 270 para 263, comparando janeiro de 2020 e o mesmo período do ano passado.

No total do estado, o número de vítimas de homicídio doloso caiu de 284 para 276 - a menor quantidade da série histórica, iniciada em 2001, para o mês de janeiro.

Latrocínios sobem

No entanto, os casos e as vítimas de latrocínios - roubo seguido de morte - cresceram, ambos aumentaram de 17 para 18. Os dados são da Secretaria de Segurança Pública do estado.

Em janeiro, houve cinco ocorrências a menos de estupro, passando de 1.071, em janeiro de 2019, para 1.066, em janeiro de 2020.

Furtos e roubos

Os roubos em geral subiram 14,3% em janeiro deste ano, com 23.997 ocorrências no total. Já os roubos de carga tiveram queda, passando de 610 para 595 de janeiro do ano passado para janeiro deste ano. O mesmo ocorreu com os roubos de veículo, que caíram 7,2% (de 3.948 para 3.662), a menor quantidade da série histórica para o período.

No período, os furtos em geral caíram 3,1%, passando de 45.163 para 43.784 - 1.379 casos a menos. Já os furtos de veículos tiveram 163 registros a mais na comparação com janeiro de 2019.

* Com informações da Agência Brasil

Cotidiano