PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês
Acusado de fornecer armas e drogas para favelas cariocas é preso no RJ

Suspeito de traficar armas e drogas para favelas cariocas é preso no RJ neste sábado (27) - Divulgação/Polícia Civil
Suspeito de traficar armas e drogas para favelas cariocas é preso no RJ neste sábado (27) Imagem: Divulgação/Polícia Civil

Aiuri Rebello

Do UOL, em São Paulo

27/06/2020 13h20

Foi preso neste sábado (27) Edilson Alves do Nascimento, acusado pela Polícia Civil do Rio de Janeiro de ser um dos maiores fornecedores de armas e drogas para favelas cariocas.

Nascimento vive no Paraná e foi preso em uma casa de luxo em Vargem Pequena. De acordo com a polícia, ele estava no RJ para negociar um carregamento de drogas e armas.

Havia contra ele três mandados de prisão por tráfico de drogas e associação ao tráfico na Justiça do RJ e do Paraná.

Segundo as investigações da DCOD (Delegacia de Combate às Drogas), Nascimento é responsável por um esquema que remete drogas e armas do Paraguai para várias comunidades do Rio. Entre elas a Serrinha, Rocinha e Complexo da Penha.

As investigações apontaram, ainda, que em julho de 2018 o acusado teve uma remessa de 700 quilos de maconha interceptada por policiais rodoviários federais escondida em uma carreta que transportava madeira.

Ele foi preso pela primeira vez em 2012.

Em 2014 sua mulher, uma dentista, também foi presa por tráfico de drogas e porte de armas. A polícia encontrou em seu consultório uma submetralhadora, uma espingarda, uma pistola, 15 quilos de maconha e um quilo de crack. Ela foi acusada de associar-se ao marido.

O UOL não conseguiu localizar a defesa de Nascimento para comentar a prisão.

Cotidiano