PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
15 dias

Grande Fortaleza registra tremor de terra; não houve registro de danos

Tremor pôde ser sentido por moradores de Pitombeiras, Cedro, Timbaúba dos Marinheiros e Chorozinho - iStock
Tremor pôde ser sentido por moradores de Pitombeiras, Cedro, Timbaúba dos Marinheiros e Chorozinho Imagem: iStock

Do UOL, em São Paulo

08/07/2020 08h38

O LabSis (Laboratório Sismológico) da UFRN (Universidade Federal do Rio Grande do Norte) informou que registrou na noite de ontem um tremor de terra de 2.5 graus na escala Richter na Grande Fortaleza. Não há registros de danos.

O tremor foi registrado às 20h22 de ontem na divisa entre os municípios de Chorozinho e Cascavel. O abalo pôde ser sentido por moradores de Pitombeiras, Cedro, Timbaúba dos Marinheiros e Chorozinho, de acordo com a RSBR (Rede Sismográfica Brasileira).

O LabSis informou que já alertou a Defesa Civil do Ceará sobre o tremor e que segue monitorando e divulgando a atividade sísmica da região Nordeste.

Tremor de magnitude 2.5 é registrado no Ceará pela Rede Sismográfica Brasileira . Estações da Rede Sismográfica...

Publicado por Rede Sismográfica Brasileira em Terça-feira, 7 de julho de 2020

Segundo o sismólogo e coordenador do Labsis, Eduardo Menezes, o Ceará tem algumas áreas consideradas sismicamente ativas, como as regiões de Chorozinho, Palhano, Irauçuba, Sobral e Groaíras.

"Além disso, embora o Brasil esteja no centro da placa sul-americana, existem falhas ativas na placa que podem desencadear os tremores de terra registrados no país", afirmou o sismólogo.

Cotidiano