PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
2 meses

Passageiros pulam de ônibus em movimento no Rio após PM reagir a assalto

Ônibus da linha 143 C foi assaltado na manhã desta quinta na avenida Brasil, no Rio de Janeiro - Reprodução/Redes sociais
Ônibus da linha 143 C foi assaltado na manhã desta quinta na avenida Brasil, no Rio de Janeiro Imagem: Reprodução/Redes sociais

Marcela Lemos

Colaboração para o UOL, no Rio

17/09/2020 10h34

Passageiros de um ônibus da viação Minho, que faz o trajeto entre Nova Iguaçu e Niterói, pularam do veículo em movimento, após um policial militar atirar contra dois bandidos que anunciaram um assalto no interior do veículo na manhã de hoje. O ônibus passava pela Avenida Brasil, altura do bairro da Penha, quando foi abordado.

O motorista do ônibus 143 C, Josézimo Soares do Santos, relatou ao UOL momentos de pânico e explicou que chegou a ser ameaçado com uma arma por um dos assaltantes.

Eles entraram tocando o terror, dizendo que se alguém reagisse iam matar todo mundo. Nesse momento, eu apaguei a luz do salão, direcionei o ônibus para pista central e ouvi tiros. Um meliante caiu na porta dianteira, apontou a arma pra mim e mandou eu abrir a porta. Nisso eu esbarrei na manete da porta traseira também e abri as duas portas. Aí os passageiros começaram a pular do ônibus andando, pânico total
Josézimo Soares do Santos, motorista de ônibus

Segundo ele, uma passageira se feriu no salto e fraturou a perna. A PM (Polícia Militar) confirmou que a vítima foi levada ao Hospital Getúlio Vargas, no bairro da Penha.

Josézimo explicou que um dos suspeitos de participação no crime foi agredido pelos passageiros e amarrado. "Foi amarrado por mim e outros passageiros. Acho uma loucura virem assaltar esse ônibus que viaja muito militar", disse. Ao chegar no local, a PM desamarrou o suspeito e o encaminhou ao Hospital Getúlio Vargas. O outro suspeito de assaltar o ônibus foi atingido pelo policial que reagiu ao assalto e morreu.

"O passageiro que efetuou os disparos não estava mais no local. Um revólver foi apreendido na ação. A área foi isolada e a Delegacia de Homicídios da Capital (DH) acionada", informou a PM, através de nota.

O Centro de Operações da Prefeitura do Rio, que monitora o trânsito na cidade, informou aos motoristas sobre os impactos da ocorrência.

Enfermeiro baleado em outro assalto

Na noite de terça-feira, um enfermeiro foi baleado na cabeça após dois bandidos anunciaram um assalto em um ônibus que também passava pela Avenida Brasil. Luiz Otávio, 27, estava com um fone de ouvido e, segundo testemunhas, não percebeu a movimentação no interior do veículo, sendo baleado na cabeça.

O passageiro foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e levado para o hospital Getúlio Vargas, no bairro da Penha, na zona norte da cidade. Os passageiros foram abordados na altura de Guadalupe.

Segundo a Secretaria de Saúde, a vítima passou por cirurgia e está em estado grave. O marido do enfermeiro contou ao UOL que a linha sofre com assaltos frequentes.

A Avenida Brasil é uma das mais movimentadas vias do Rio de Janeiro. Ela faz a ligação entre as zonas oeste, norte e região central da cidade. A via também dá acesso às rodovias Presidente Dutra, Washington Luís e Rio Santos.

Cotidiano