PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
9 meses

Dupla montada a cavalo assalta mercadinho no litoral de Pernambuco

Ed Rodrigues

Colaboração para o UOL, no Recife

11/12/2020 17h28Atualizada em 11/12/2020 19h40

Dois homens chegaram a cavalo para realizar um assalto a um mercadinho em Pernambuco. O crime ocorreu na praia de Carne Vaca, cidade de Goiana, no litoral norte do estado. A ação da dupla, que foi presa no fim da tarde de hoje, foi flagrada por câmeras de segurança do estabelecimento.

As imagens mostram toda a movimentação dos suspeitos. Os dois chegaram ao comércio encapuzados e surpreenderam funcionários do mercadinho que conversavam em frente ao local. Tudo aconteceu por volta das 17h30 de ontem, mas somente hoje o vídeo foi divulgado.

Na ação, enquanto um suspeito invade a loja, o outro permanece do lado de fora, ao lado do cavalo. O assalto durou aproximadamente dois minutos — tão rápido que, como mostra o vídeo, os funcionários demoraram a perceber que se travava de um assalto. Quando entenderam o que ocorria, levaram as mãos às cabeças. A dupla sai em seguida, monta o cavalo e foge.

O dono do mercadinho pediu anonimato, mas contou que a dupla levou todo o dinheiro que estava no caixa. "Os caras chegaram com capuz e em cima de um cavalo. Pensei que fosse uma brincadeira. Demorei até para perceber as armas", descreveu um cliente, que também preferiu não se identificar.

"O que entrou foi gritando: 'É um assalto, é um assalto'. E foi direto para o caixa. Mas não mexeu com ninguém, graças a Deus", lembra. Havia clientes no local, mas foram liberados. Ninguém ficou ferido.

A Polícia Militar foi acionada e enviou uma equipe ao mercadinho. Policiais da 3ª CIPM (Companhia Independente) atenderam ao chamado, mas os suspeitos conseguiram fugir. Hoje, porém, os dois foram presos.

Segundo informações da Polícia Militar, a dupla usou uma arma de pressão (air soft), que se assemelha a uma espingarda calibre 12. Eles pegaram o cavalo na rua, somente para realizar a investida, e soltaram logo o animal em seguida.

De acordo com a equipe do Gati (Grupo de Apoio Tático Itinerante), responsável pela prisão, a dupla já é conhecida na região de Pontas de Pedra, praia que também pertence ao município de Goiana.

"Levaram R$ 400 no momento do assalto. Assumimos essa ocorrência hoje e já saímos no encalço deles", conta o sargento J. Santos. "Prendemos o elemento de vulgo Jordan em Pontas de Pedras, e ele entregou o comparsa Gui, que tinha fugido para o centro Goiana", diz.

A dupla já está à disposição da Justiça. Fernando Rodrigues Bandeira de Souza, o Gui, 19 anos, e Jordan Roberto Stemberg de Almeida, 20, aguardam audiência de custódia.

Cotidiano