PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Três policiais militares são presos com 1,5 tonelada de cocaína em PE

Os materiais apreendidos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Prazeres                              - DIVULGAÇÃO/PM
Os materiais apreendidos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Prazeres Imagem: DIVULGAÇÃO/PM

Ed Rodrigues

Colaboração para o UOL, no Recife

17/01/2021 20h27Atualizada em 18/01/2021 13h24

Três policiais militares, dois de Pernambuco e um da Bahia, além de um civil estão entre os suspeitos presos durante uma ação realizada pela própria corporação que apreendeu 1,5 tonelada de cocaína, em Jaboatão dos Guararapes, Grande Recife.

Segundo a Polícia Militar, além do entorpecente, foram encontrados com grupo cinco pistolas, dois fuzis, diversos carregadores e munições, rádios comunicadores, celulares, coletes balísticos, balaclavas e maçaricos.

A apreensão ocorreu durante uma operação do 25° Batalhão em parceria com a Radiopatrulha, no bairro de Santo Aleixo, em um loteamento nas proximidades do condomínio Alphaville.

"Policiais Militares receberam uma denúncia da Central de Operações de uma ocorrência envolvendo reféns. Os efetivos do Grupo de Apoio Tático Itinerante (GATI) e da Contrarresposta da Unidade seguiram para verificar a situação, quando visualizaram um veículo, com quatro ocupantes, em atitude suspeita. Os policiais deram voz de parada e iniciaram a abordagem policial", explicou a corporação, em nota.

Entre os ocupantes do veículo, os policiais militares que portavam as pistolas e os fuzis. Todos foram conduzidos à Delegacia de Jaboatão, onde prestaram depoimento.

Ainda segundo a PM, as equipes retornaram ao loteamento. Ao chegarem à residência revelada pelos suspeitos, encontraram dois caseiros. Os homens contaram que, minutos antes, o grupo preso havia entrado e revirado toda a residência em busca de drogas e armamento.

"O efetivo, então, solicitou o apoio da Companhia Independente de Policiamento com Cães, porém, antes mesmo da chegada dos cães farejadores, os policiais conseguiram encontrar, aproximadamente, uma tonelada e meia de cocaína", continuou a nota.

Todo o material apreendido, acrescentou a PM, foi entregue à Delegacia de Prazeres, que dará início a uma investigação.

De acordo a Polícia Militar, os PMs suspeitos estão à disposição da Justiça comum, mas também responderão a procedimentos investigativos internos de controle, para apurar as circunstâncias dos seus envolvimentos no fato. A investigação interna poderá culminar na expulsão do trio da corporação.

Cotidiano