PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Esse conteúdo é antigo

Covid-19: Casados há 52 anos, idosos internados recebem alta no mesmo dia

A pedido da família, Wilson Santo Mathias e Maria José Mathias ficaram no mesmo quarto - Santa Casa de Presidente Prudente/Divulgação
A pedido da família, Wilson Santo Mathias e Maria José Mathias ficaram no mesmo quarto Imagem: Santa Casa de Presidente Prudente/Divulgação

Marcelo Casagrande

Colaboração para o UOL, em Araçatuba (SP)

29/01/2021 20h30

Um casal de idosos que vive no interior de São Paulo recebeu alta hospitalar no mesmo dia, após o tratamento do novo coronavírus. Eles estavam internados na Santa Casa de Presidente Prudente, cidade a cerca de 560 km de São Paulo, e foram recebidos por profissionais de saúde quando deixaram o local.

Maria José Mathias, 72, foi a primeira a precisar de cuidados no hospital. Depois de apresentar alguns sintomas da doença, a aposentada foi internada. O quadro clínico piorou e foi preciso transferi-la para a UTI. Foram quatro dias em terapia intensiva.

Apesar do estado de saúde delicado, não foi preciso intubar a aposentada. Ela ficou consciente e fez videochamadas com a família que estava em casa. O detalhe que ninguém contou é que o marido — com quem vive há 52 anos — também estava com covid-19 e precisou ser levado ao mesmo hospital.

Os filhos ficaram preocupados com a reação do casal e resolveram poupá-los: seu Wilson Santo Mathias, 80, não ficou sabendo que a esposa estava na UTI.

O reencontro

Os idosos reagiram bem ao tratamento e Maria José foi transferida para o quarto novamente. A família pediu para que o casal ficasse no mesmo espaço.

Wilson e Maria - Santa Casa de Presidente Prudente/Divulgação - Santa Casa de Presidente Prudente/Divulgação
Wilson pediu para que as camas fossem aproximadas, de forma a segurar a mão da esposa
Imagem: Santa Casa de Presidente Prudente/Divulgação

Depois do alívio de saber que tudo estava bem, Wilson pediu para que as camas fossem aproximadas. A partir daí, os enfermeiros relataram que as mãos ficaram entrelaçadas durante quase todo o tempo.

"Ajudou muito ficarmos um lado do outro, você entra aqui [no hospital] sem saber o que vai acontecer, mas graças a Deus vencemos juntos", afirmou Maria José.

A alta hospitalar foi ontem à tarde. Os idosos foram hoje de manhã para a casa onde moram, em Panorama, a 696 km da capital paulista.

Coronavírus