PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Mãe e filha morrem atropeladas após carro subir em calçada em Piracicaba

Mãe e filha caminhavam na calçada quando foram atingidas - Reprodução/TV Globo
Mãe e filha caminhavam na calçada quando foram atingidas Imagem: Reprodução/TV Globo

Colaboração para o UOL, em São Paulo

10/05/2021 10h59

Uma mulher de 51 anos e sua filha, de 1, morreram ontem ao serem atingidas por um carro que era conduzido por um homem no bairro Santa Terezinha, em Piracicaba, a cerca de 155 km de São Paulo. Um teste detectou a presença de álcool no organismo do motorista, também de 51 anos.

Valquiria Cordeiro dos Santos caminhava com a menina Thainara Cordeiro dos Santos, que completaria 2 anos no próximo dia 19, no colo quando foi atingida pelo veículo, segundo informações da EPTV, filiada da TV Globo.

Acidente danificou portão de oficina mecânica em Piracicaba (SP) - Reprodução/TV Globo - Reprodução/TV Globo
Acidente danificou portão de oficina mecânica em Piracicaba (SP)
Imagem: Reprodução/TV Globo

Valquiria ainda foi conduzida a um hospital municipal, mas não resistiu aos ferimentos. Já o motorista foi submetido a uma cirurgia no maxilar após ficar preso entre as ferragens do veículo e está internado sob escolta da polícia no Hospital dos Fornecedores de Cana de Piracicaba. A menina morreu no local do acidente.

O delegado Gillys Scrocca foi quem solicitou o teste que identificou a presença de álcool no organismo do motorista.

"Constatamos 0,33 mg de álcool, mas não podemos afirmar que ele estava embriagado. Existe uma qualificadora do arquivo 302 da lei 9.503 no código brasileiro de trânsito exatamente no que tange a atropelar alguém na calçada, somado a duplo homicídio. Então temos essa qualificadora com efeito de álcool", disse o delegado, à EPTV.

O sepultamento das vítimas ocorrerá hoje no Cemitério Municipal de Vila Rezende, em Piracicaba, às 16h30.

Cotidiano