PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
2 meses

Incêndio florestal atinge quiosques de parque aquático em Goiás

Parque aquático informou que não houve feridos e que abrirá normalmente amanhã - Reprodução/ Twitter
Parque aquático informou que não houve feridos e que abrirá normalmente amanhã Imagem: Reprodução/ Twitter

Do UOL, em São Paulo

22/07/2021 17h10Atualizada em 22/07/2021 19h25

Um incêndio de grandes proporções atingiu hoje quiosques de um restaurante localizado num parque aquático do município de Rio Quente (GO), a 170 km de Goiânia. Em vídeos que circulam nas redes sociais é possível ver que as chamas altas destruíram boa parte da estrutura.

Em comunicado oficial divulgado no Instagram, o Hot Park, que gerencia o parque aquático, informou que não há feridos no local. "Os clientes foram orientados a evacuar o parque, por prevenção e seguindo os protocolos de segurança definidos pelo Corpo de Bombeiros. A única área afetada foi a do restaurante, que está isolada", declarou.


Procurado pelo UOL, por meio de nota, o Corpo de Bombeiros de Goiás afirma que as chamas foram controladas por guarnições do 9º Batalhão e que o incidente teria sido provocado pelo avanço de um incêndio florestal, que oferece riscos para residências, comércios, veículos, clubes e hotéis.

O começo

Em nota enviada à imprensa, o parque aquático confirmou que o incêndio teve origem pelo lado de fora do parque, por meio de uma fagulha. O comandante dos Bombeiros de Goiás em Caldas Novas, major Daniel Batista, deu detalhes em entrevista ao UOL.

"O incêndio iniciou como incêndio florestal próximo a uma área de camping e foi se propagando em direção ao resort, atingindo algumas edificações com estrutura de madeira e cobertura de piaçava", descreveu.

Com a rapidez da propagação das chamas, logo elas atingiram um bambuzal. "Atingindo o bambuzal, alguns desses bambus em chamas caíram em duas residências. Uma teve princípio de incêndio controlado pela nossa equipe e a segunda residência foi preservada a tempo", disse o major.

O comandante também afirmou que por atingir um restaurante, as chamas provocaram explosões de três cilindros da central de gás. Mas, como eles estavam em uma estrutura relativamente segura, a explosão foi contida pelo resfriamento que a equipe dos bombeiros fez no local e demais cilindros armazenados não foram atingidos.

A ocorrência iniciada por volta de 13h15, terminou às 18h30 da noite e demandou a utilização de 13 viaturas e veículos para combate às chamas.

A assessoria que responde pelo Hot Park ressaltou que o empreendimento onde o parque está localizado, o Rio Quente Resorts, "está operando normalmente, e não foi afetado em nenhum momento pelo pequeno incêndio ocorrido no Hot Park".

O parque aquático também afirmou que não suspenderá as atividades e reabrirá amanhã.

Cotidiano