PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Menino que achou árvore de Natal em lixão ganha uma nova após vaquinha

Gabriel foi fotografado em lixão de Pinheiro (MA) por fotógrafo João Paulo - Reprodução/Instagram
Gabriel foi fotografado em lixão de Pinheiro (MA) por fotógrafo João Paulo Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

05/12/2021 21h50Atualizada em 06/12/2021 06h44

Gabriel Silva, de 12 anos, ganhou uma nova árvore de Natal. O menino virou assunto nas redes sociais ao ser fotografado encontrando um objeto do tipo no lixão de Pinheiro, no Maranhão.

"É a primeira árvore de Natal que eu ganho", afirmou Silva em reportagem exibida pelo Fantástico.

A nova árvore foi comprada por meio de uma vaquinha, organizado após a foto do menino ter viralizado na internet. Ele acompanhava a mãe na coleta de lixo no momento do registro, feito pelo fotógrafo João Paulo Guimarães no último dia 8.

"Ele mostrou pra mãe dele, Dona Maria, e fez os planos de ajeitar pra Dezembro e colocar na sala de casa. Gabriel guardou dentro de uma caixa a árvore, voltou para procurar comida e depois veio buscar a árvore pra levar pra casa. Ele ficou muito feliz. Eu também fiquei muito feliz por ele. Parei de fotografar na hora. Não dava pra enxergar nada com tanta lágrima", escreveu o fotógrafo em seu perfil no Instagram.

O fotógrafo entregou os presentes de surpresa em uma audiência pública no dia 10 de novembro, quando a prefeitura da cidade oficializou a criação da Associação de Catadores de Pinheiro.

"Já é Natal. Graças aos humanos daqui, já é Natal. Obrigado, gente", concluiu João, ao compartilhar uma foto de Gabriel ao lado de sua árvore nova.

O fim dos lixões no Brasil está previsto no novo marco do saneamento básico, aprovado em 2020 pelo Congresso Nacional. O documento estipulou que em cidades com menos de 50 mil habitantes, como é o caso de Pinheiro, as administrações públicas devem se organizar para extinguir os espaços até o final de 2024, com a adoção completa de descarte em aterros sanitários.

Cotidiano