PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Gosto ruim de hambúrguer faz jovem notar que produto venceu há 10 anos

Ao observar a data de validade na embalagem do produto, Izabela descobriu que o hambúrguer estava vencido há 10 anos - Arquivo Pessoal
Ao observar a data de validade na embalagem do produto, Izabela descobriu que o hambúrguer estava vencido há 10 anos Imagem: Arquivo Pessoal

Maurício Businari

Colaboração para o UOL, em Santos

12/01/2022 20h37

Uma auxiliar de veterinária de 21 anos descobriu da pior maneira que a validade do hambúrguer que ela comprou em um supermercado da cidade de Santos, no litoral de São Paulo, havia vencido há 10 anos. Ao preparar e provar o alimento, ela notou que ele tinha um gosto estranho, o que a levou a procurar informações sobre a validade na embalagem.

Para sua surpresa, segundo as informações impressas na embalagem do produto, da marca Nosso Burguer, o prazo expirou em 25 de março de 2012. "Só que o produto foi comprado no dia 10, semana passada, na unidade do supermercado Dia da Avenida Conselheiro Nébias", contou a auxiliar de veterinária Izabela Amorim ao UOL.

"Eu comecei a preparar os hambúrgueres naquela noite mesmo", lembra. "Logo após ingerir alguns pedaços, eu senti um gosto estranho. Então fui conferir a validade e vi que estava 2012. Na hora não acreditei e fui perguntar aos meus familiares, e todos confirmaram que era 2012. Não tinha cheiro ruim, mas estava se desfazendo. Eu acreditei que fosse devido ao calor, por estar descongelando."

Após constatar na embalagem a data da validade, Izabela ligou para o SAC do supermercado Dia, mas já tinha passado do horário de atendimento. Então ela formalizou uma reclamação junto ao Procon do município.

"No dia seguinte eu liguei para o SAC do supermercado Dia e informei o ocorrido. Me disseram que viriam na minha casa retirar o produto e analisar. Até o momento, não vieram".

Ao UOL, a assessoria de comunicação do supermercado Dia informou, por meio de nota, que o estabelecimento segue todas as regras de controle sanitário e acompanha permanentemente os processos de vigilância em suas lojas.

"A empresa lamenta o fato ocorrido na manhã de hoje, 12 de janeiro, na loja localizada à Avenida Conselheiro Nébias, em Santos. E está apurando o caso, se propondo a colaborar plenamente com as autoridades locais para o esclarecimento dos fatos", comunicou o supermercado, na nota.

É preciso observar a validade dos produtos

Apesar de não ter passado mal após consumir alguns pedaços do produto, Izabela diz que o susto ensinou a ela uma dura lição. A de nunca mais comprar produtos perecíveis em um supermercado sem investigar antes a data de validade.

"O hambúrguer eu não olhei (a validade) porque é produto que vende fácil, então não imaginei que teria algo estragado", explica a jovem. "Acho que todo mundo tem que olhar a validade, principalmente de produtos em promoção. As promoções geralmente ocorrem quando o produto está próximo da validade ou até mesmo a validade acaba naquele dia. O supermercado Dia tem costume de vender produtos fora da validade", afirma.

"Eu mesma já tive que trocar produtos duas vezes em ocasiões anteriores. Mas a validade não tinha passado tanto tempo quanto a desse hambúrguer. Pode ser que ela esteja com erro de dígito. Mas de qualquer forma, não anula o gosto ruim. Então estava estragado. Muitos conhecidos já reclamaram de produtos fora da validade, vendidos por esse mercado", alerta.

Enquanto aguarda por uma providência do supermercado, Izabela diz que pretende oficializar uma denúncia também junto à Vigilância Sanitária de Santos. "Já enviei mensagem a eles, mas não consegui resposta. Agora vou ligar diretamente para o escritório", concluiu.

Cotidiano